terça-feira, 1 de junho de 2021

Morador de Queimados, policial é preso dentro do batalhão de Mesquita


Militar é acusado de fazer parte da milícia que explorava o transporte dentro de Mesquita e cidades vizinhas  


A Polícia Civil deflagrou na manhã desta terça-feira (01) a operação Direção Perigosa, que cumpriu 13 mandados de prisão e 22 de busca e apreensão (sendo realizada até às 11 horas, 11 presos) entre eles, obpolicial militar D.M., morador de Queimados, e que foi preso com a farda da PM, dentro do 20º BPM (Mesquita). 

 
Ao todo, sete policiais militares foram denunciados e presos. Entre os quais o PM apontado como líder da milícia local e que já estava encarcerado desde 2018.

Entre os civis presos está a mulher do policial já encarcerado e, que de acordo com as investigações era a pessoa que passa todas as informações para o marido, no Batalhão Especial Prisional (BEP) da Polícia Militar, em Niterói. 

Segundo a denúncia do Ministério Publico e da Polícia Civil, o grupo paramilitar explora o comércio ilegal de transporte alternativo dentro de Mesquita e cidades vizinhas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!