terça-feira, 6 de abril de 2021

Cedae anuncia interrupção no abastecimento no Guandu e Queimados pode ficar sem água até sexta-feira


Operação acontece na noite desta terça-feira (06) quando uma bomba será instalada para tentar acabar com a geosmina. 


Moradores da região Metropolitana do Rio de Janeiro já vêm questionando a qualidade da água fornecida pela Cedae, que continua chegando nas residências com uma coloração escura e forte odor. 

A Cedae justificou mais uma vez alegando culpa na geosmina e inclusive programou uma manobra na Estação de Tratamento do Guandu às 19h desta terça-feira (6), em mais uma tentativa para acabar com o composto. 

A operação no entanto deve levar a falta de água em municípios da Região Metropolitana nesta quarta-feira (7). Em bairros que ficam nas pontas da linha, o abastecimento só deve ser normalizado na sexta (9).

A companhia explicou que o complexo de tratamento ficará pelo menos 12 horas parado para que uma bomba seja instalada na lagoa de captação — onde o Rio Guandu e outros cursos d'água desembocam.

Vale destacar que a instalação da bomba não resolve completamente o problema, mas é uma saída que a empresa encontrou para diminuir a concentração da substância. Outra intervenção, mais demorada, depende de uma licitação, cujo edital já foi lançado.

Vale destacar ainda que já fazem duas semanas que a Cedae não divulga boletins sobre a quantidade de geosmina na água. Até então, amostras no ponto de captação indicaram a maior concentração do microcomposto desde o início do ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!