sábado, 3 de abril de 2021

Após repercussão negativa, prefeitura alega erro e humano em nomeação de primeira-dama

 


Em nota, Prefeitura alegou que Cristiane Kaizer seria designada para atuar pela Educação Especial no município. 


A Prefeitura de Queimados através de uma nota enviada à imprensa, esclareceu a nomeação da primeira-dama, Cristine Kaizer, que havia sido nomeada como assessora especial do gabinete do prefeito, pela Coordenadoria de Educação Especial, na Secretaria Municipal de Educação (SEMED), sem ônus para o município, ocorrida na última quinta-feira (01). 

Na nota, a Prefeitura alega erro humano na nomeação e diz que Cristiane seria designada para atuar pela Educação Especial no município.  Veja a nota: 

A Prefeitura de Queimados esclarece que a servidora Cristiane Kaizer é professora há mais de 20 anos da Rede Municipal de Queimados, possui especialização em Educação Especial pela Universidade Federal de Santa Maria e vem, há anos, lutando pela Educação Inclusiva. 

Pelo seu currículo e vasta experiência na área de educação seria, no DOQ do dia 01/04 designada para atuar pela Educação Especial, frisa-se: por designação e não nomeação em cargo comissionado como ocorreu. 

A Prefeitura, através do Gabinete do Prefeito está apurando o motivo deste erro o que, em virtude do feriado dificultou tal esclarecimento. A Prefeitura esclarece desde já que a nomeação equivocada será tornada sem efeito, aperfeiçoando tão somente a designação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!