domingo, 28 de março de 2021

Semana de superferiado: veja as regras para funcionamento do comércio em Queimados


Decreto foi assinado na última quinta-feira (25) pelo prefeito Glauco Kaizer, e será válido ao longo da próxima semana. 


O estado do Rio de Janeiro está em meio a um superferiado como medida para impedir a disseminação da Covid-19. Porém, cada prefeitura pode estipular como será o funcionamento dos comércios nas cidades. 

Em Queimados, segundo decreto assinado pelo prefeito Glauco Kaizer na última quinta-feira (25), o comércio local poderá funcionar, no entanto, deverá cumprir algumas regras. Veja como será esse funcionamento: 

VAMOS ENTENDER O DECRETO? 

MEDIDAS DE ENFRENTAMENTO À COVID 19
DECRETO Nº 2.603, DE 25 DE MARÇO DE 2021:

Reconhece a manutenção da SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA no Âmbito do Município de
Queimados, atualiza as medidas de enfrentamento da propagação decorrente da COVID -
19 e revoga o Decreto nº 2.600, de 10 de março de 2021, e dá outras providências”

Art. 12 do DECRETO 2.603, de 25 de março de 2021:

- Restrição de aglomeração no interior das instalações, com limite máximo de uma
pessoa para cada 5 m2, respeitando distanciamento de 1,5 m de raio em torno da
pessoa;

- Aferição de temperatura dos funcionários e da população;

- Disponibilização de álcool gel 70%;

- Uso obrigatório de máscara de proteção facial para os funcionários e clientes.

Reforçar a etiqueta respiratória para casos de
 tosse e espirros.

FICAM PROIBIDOS

- Realização de eventos desportivos e científicos, shows, feiras literárias, convenções,
exposições, passeatas e outras atividades afins;

- Atividades coletivas de cinema, teatro, circos e afins;

- Salões de festas, escolas, cursos e similares com aulas presenciais e outras
atividades que promovam aglomeração de pessoas;

- Atividades de aluguéis de brinquedos em áreas particulares ou autorizadas pelo
Poder Público;

- O funcionamento das piscinas para práticas aquáticas.

FICA AUTORIZADA de 8h às 17h 

- Petshops e clínicas veterinárias;

- Provedores de Internet;

- Estabelecimentos destinados à venda de material de construção, ferragens e EPIs
(Equipamentos de Proteção Individual);
Bancas de jornal;

- Escritório de prestação de serviços, tais como: contabilidade, publicidade,
advocacia, tecnologia de informação, informática, comunicação, administração,
imobiliária, aluguel, seguradoras e proteção de veículos, máquinas e equipamentos
e congêneres.

- Comércio de rua, sendo vetado o consumo de alimentos no local

- Salão de beleza, tatuadores e estética, limitado o atendimento de uma pessoa por
vez e com hora marcada;

- O funcionamento de academias, centros de ginástica e estabelecimentos similares,
com limitação de 50% da capacidade do estabelecimento, desde que respeitadas as
medidas previstas no artigo 12.

COM RESTRIÇÃO 

Feiras livres:

- Funcionamento até 12h00

- Uso obrigatório de máscara facial

- Distanciamento de 1,5 m das barracas

- Limpeza das barracas, balcões e máquinas de cartões

- Disponibilizar álcool 70% para o consumidor

- Reuniões em instituições religiosas, missas, cultos em igrejas e afins, podendo esse
horário se estender das 19h às 22h, desde que respeitadas as medidas previstas no
artigo 12.

COM RESTRIÇÃO 

Bares, restaurantes e lanchonetes:

- 50% do público da sua capacidade de lotação

- Distanciamento mínimo de 1,5 m por consumidor

- Máximo de 4 pessoas por mesa

- Funcionamento até às 21h

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!