sábado, 27 de fevereiro de 2021

Imbróglio entre Prefeitura e "Se Liga", mantém funcionários da Maternidade Municipal com salários atrasados

Empresa espera repasse da Prefeitura, que alega ter até o próximo dia 08 de março para transferir o valor. 

 

Os funcionários da Maternidade Municipal de Queimados seguem com os salários atrasados. Após a audiência pública na última segunda-feira (22) onde estiveram presentes a Secretária de Saúde, Marcelle Nayda e representante do Instituto "Se Liga", Fabiano Reis, a expectativa era de que o pagamento fosse realizado até a última sexta-feira (26), o que não aconteceu. 

Em contato com a nossa reportagem, funcionários da Maternidade questionaram a demora no pagamento, chegando a relatar ainda dificuldades financeiras, com o Instituto "Se Liga" inclusive realizando a doação de cestas básicas para os funcionários que estão com os salários ainda de janeiro em atraso. 

A reportagem da Revista Queimados entrou em contato com o representante do "Se Liga", que confirmou o atraso no pagamento, porém, alega que a Prefeitura ainda não realizou o repasse: "Realmente o pessoal da Maternidade ainda não recebeu,  mas não porque o 'Se Liga' não quer pagar, mas sim porque a prefeitura ainda não efetuou o repasse referente a Maternidade", disse o representante do Instituto, que confirmou porém o pagamento dos funcionários do Cethid: "São dois contratos distintos. O contrato da Maternidade é feito com recursos próprios do município, não tem fonte de custeio, já o do Cethid, que é outra questão, tem o custeio do governo federal. Por isso o do Cethid foi pago. Realmente o pessoal do Cethid já recebeu e o da Maternidade ainda não", completou o "Se Liga", que seguiu: "Lá na audiência pública (segunda-feira - 22/02), a Secretária assumiu o compromisso de pagar até ontem (sexta-feira - 26/02) mas não foi creditado. Acreditamos que na próxima segunda-feira(01) eles (Prefeitura) nos passem uma definição", concluiu o Instituto "Se Liga".

Em contato com a Secretaria de Saúde, recebemos como resposta de que a Prefeitura tem o prazo de até 30 dias após a efetuação dos serviços para realizar o depósito: "Não há atraso (por parte da Prefeitura). Eles deram entrada dia 08/02 e, segundo a cláusula contratual, a Secretaria de Saúde tem até 30 dias após a realização dos serviços para efetuar o pagamento. A 'Se Liga' é pessoa jurídica e tem que ter qualificação econômica financeira. Ainda sim, estamos providenciando esse repasse para o mais rápido possível." 

Um comentário:

  1. A Se liga além do Cethid e Maternidade tem mais 03 Clínicas da Família em Queimados, que também ainda estão sem pagamento referente ao salário do mês de Janeiro.

    ResponderExcluir

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!