quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

EXCLUSIVO: Prefeitura não renova contrato e escola Allan Kardec troca de local



Atendimento da secretaria da unidade será feito momentaneamente no colégio Oscar Weinschenck.


O colégio Allan Kardec já está em processo de mudança de local. A unidade que funcionava em um prédio alugado pela Prefeitura na Avenida Dr. Pedro Jorge, no bairro Nossa Sra. de Fátima, já está em processo de mudança. Os materiais escolares (livros e mobiliários) começaram a ser retirados nesta quinta-feira (25). 

A equipe de reportagem da Revista Queimados esteve em contato com a Secretária de Educação, Zilda Gitahy e o Subsecretário André Luís Monsores de Assumpção, que confirmaram a mudança, porém não confirmaram o destino. A idéia da Secretária é que a nova unidade já esteja disponível em abril, quando há previsão para retomada das aulas presenciais.

Ainda de acordo com Zilda, a mudança ocorreu por conta do atual estado do prédio, que apresentava diversos problemas estruturais (fotos ao fim da matéria). Contudo, o espaço para onde será transferido os alunos, será próximo ao atual endereço: "A mudança ocorreu devido a estrutura do prédio, que não está com a menor condição de abrigar os alunos devido à situação em que se encontra", disse a Secretária. 

Segundo o Subsecretário, André Monsores, todo material retirado será alocado em um espaço no colégio Oscar Weinschenck, onde também será feito o atendimento de secretaria da unidade: "Iremos colocar uma faixa tanto no Allan Kardec (atual), como no Oscar Weinschenck, informando sobre a mudança e indicando que o atendimento da secretaria passará para o Oscar Weinschenck em uma sala própria. O material acadêmico e mobiliário também será levado para lá (Oscar Weinschenck) onde temos um espaço para armazenarmos", disse. 

Vale destacar que em dezembro, a página "Choque de Queimados" revelou o pagamento de R$ 186.050.00, referente ao período de 01/04/2019 até 10/12/2020, zerando a dívida da antiga gestão com o dono do imóvel. O governo atual não renovou o contrato e preferiu buscar um novo local.

A RQ questionou ainda se já havia um "plano B" caso o prédio que está sendo preparado não ficasse pronto até abril. 

"A idéia é retomar as aulas com as crianças no prédio novo, mas caso não fique pronto, poderemos abriga-los no próprio Oscar Weinschenck. As normas educacionais por conta da Covid-19 até me permite estender o prazo das aulas remotas se for o caso, mas não acho justo voltar às aulas presenciais com as outras escolas e estender só com os alunos do Allan (Kardec)", concluiu Zilda. 

Contudo, de acordo com os números da própria SEMED, a escola conta atualmente com 495 alunos, divididos em 20 turmas do ensino fundamental (pré escolar ao quinto ano). 

Veja as fotos de como está a atual situação do prédio: 













Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!