quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

Depois de um mês de tomar posse, vice-prefeita, enfim, terá local fixo para trabalhar



Maíse Justo solicitou espaço dentro da Câmara de Vereadores. Ao tomar conhecimento, prefeito Glauco Kaiser arrumou outro lugar para abrigar a companheira.


Uma situação um pouco inusitada chamou a atenção dos bastidores políticos da cidade, nesta semana. Sem local para trabalhar desde que tomou posse, a vice-prefeita Maíse Justo solicitou à Câmara de Vereadores um espaço físico para poder despachar e realizar atendimentos. Os vereadores, solidários ao pedido da vice até então desabrigada, prontamente atenderam o pedido, que seria publicado inclusive no Diário Oficial desta quinta-feira (4). Só que ao tomar conhecimento do assunto, mais de um mês depois, o prefeito Glauco Kaiser, enfim, conseguiu uma sala para abrigar a companheira de chapa. 

Ao que tudo indica, Maíse passará a atender dentro das dependências do Centro de Esporte e Lazer da Terceira Idade (CELTI), que encontra-se com as atividades paralisadas por conta da pandemia. Dizem as péssimas línguas, que Maíse não abre mão de uma secretaria que lhe fora prometida voltada à luta pela igualdade racial e direitos da mulher. 

Em contato com nossa equipe de reportagem, a vice-prefeita Maíse Justo limitou-se a dizer que irá se pronunciar em breve sobre o assunto, dando sua versão e esclarecendo o fato. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!