quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

DENÚNCIA: Vila Olímpica vira depósito de caminhão de circo

  


Inconformados com o rebaixamento da secretaria de esporte, profissionais de Educação Física ironizam o episódio: “o circo chegou e nós seremos os palhaços”

Sem atividades esportivas desde que começou a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) e ainda sem prazo para o retorno, a Vila Olímpica de Queimados ao invés dos dribles, piruetas , golpes e cestas, virou uma espécie de depósito para um circo particular.

Quem passou pelo local nesta quarta-feira (20) se deparou com caminhões do circo Babilônia estacionados dentro do solo público do município, o que por lei é proibido.

A situação soou como uma ironia aos profissionais de Educação Física, que desde o início da semana protestam ( veja o manifesto no final da matéria) contra o rebaixamento da secretaria de esportes, que virou subsecretaria desde o início da nova gestão. “Agora descobrimos a função da Vila Olímpica. Alô, professores, o circo chegou... e nós seremos os palhaços”, protestaram em grupos locais.

Nossa equipe de reportagem entrou em contato com a Prefeitura, mas até o fechamento da matéria não havíamos obtido uma resposta. Salientamos que espaço segue aberto para a manifestação da Prefeitura de Queimados. 


UM BASTA NA DESVALORIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA E DOS ESPORTES


O esporte como políticas públicas é uma ferramenta indispensável para a vida da população. Seus benefícios para a saúde, educação e bem-estar de toda população são reconhecidos mundialmente. A maioria das pessoas que morreu de coronavírus era sedentária. O coronavírus causou uma “epidemia de sedentarismo”, que é um dos fatores que mais mata no mundo. Além disso, dados mostram que 70% da população é sedentária.

 O esporte é capaz de mudar a perspectiva das crianças que vivem na vulnerabilidade social, de incluir pessoas com deficiência nas escolas e nos centros esportivos, de promover qualidade de vida aos idosos, de reabilitar pessoas com doenças crônicas e de previnir doenças que mais matam no mundo..

Esporte é educação, é inclusão, é saúde, é prevenção, é reabilitação, é qualidade de vida.

 A falta de reconhecimento da importância do Esporte e Lazer causa insuficiência de políticas públicas essenciais para a população e a desvalorizaração dos profissionais que atuam nesta área. É preciso que tenhamos profissionais de Educação Física capacitados e munícipes para administrar e executar as ações desta pasta.

Por isso, nós, profissionais de Educação Física de Queimados, solicitamos uma agenda com o Prefeito Glauco Kaizer, para que o mesmo possa ouvir e atender nossas demandas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!