sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Operação da Polícia Civil e PRF intercepta comboio de milicianos em Itaguaí e deixa 12 mortos

 


Uma Força Tarefa da Polícia Civil com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) interceptou na na noite da última quinta-feira (15) um comboio de milicianos em Itaguaí, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, quando deixou pelo menos 12 mortos durante ação.

O grupo que já vinha sendo monitorado há cerca de 15 dias pelo serviço de inteligência da Força Tarefa, que apurava a movimentação de criminosos em rota entre a Zona Oeste e a Baixada Fluminense. 

A interceptação do grupo foi feita por policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), em ação conjunta com a PRF, e os criminosos reagiram atirando contra os agentes. Durante o confronto, ao menos 12 milicianos teriam sido mortos. 

A polícia ainda efetuou a apreensão de pelo menos oito fuzis, além de pistolas, munição, aparelhos de comunicação e os quatro carros que faziam parte do comboio. 

Um policial foi atingido no peito mas felizmente estava com colete à prova de balas. 

Segundo a polícia, o comboio era formado por milicianos ligados a Danilo Dias Lima, o Danilo Tandera, um dos homens mais procurados do Rio de Janeiro. Ele é o encarregado de expandir os negócios da maior milícia do Rio para Seropédica e Nova Iguaçu, cidades da Baixada Fluminense.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!