sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Coronavírus pode deixar sequelas em pacientes recuperados da doença

 

Embora ainda não tenha nenhum estudo que comprove o caso, o novo Coronavírus (Covid-19) pode deixar sequelas nos pacientes recuperados da doença. Como por exemplo o caso de Jeniffer Melgaço, que foi a primeira pessoa a ter o resultado positivo da Covid-19 no estado do Rio de Janeiro, em março e conta que até hoje sofre com a perda do olfato.

No primeiro mês, ainda sentia cansaço durante o dia e, em algumas vezes, dores de cabeça. Hoje, seis meses após o positivo, ainda sofro com a perda completa do olfato e alteração no paladar – disse Jennifer, ao jornal O Globo.

Pelas redes sociais por exemplo, é possível encontrar diversos relatos de pessoas que dizem estar clinicamente curadas, mas seguem com alterações no olfato e paladar. Há ainda relatos de fadiga e raciocínio lógico mais lento. 

Estudos ainda inicias já apontam que o vírus pode afetar diretamente o cérebro do infectado, acarretando esses problemas de forma longa ou até permanente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!