segunda-feira, 20 de julho de 2020

Vacina contra a Covid-19 será testada em brasileiros e já mostra resultados promissores

Foto: Getty Imagems

Duas iniciativas internacionais para a produção de uma vacina contra a Covid-19 que estão sendo produzidas no exterior, entraram na última fase de análises clínicas e, usarão voluntários do Brasil. 

Uma delas é a da universidade britânica de Oxford, que visa iniciar os testes no Brasil ainda este mês, quando usará mil pessoas no Rio de Janeiro e outras mil em São Paulo. Os voluntários em ambos os estados já estão sendo selecionados e serão da faixa etária entre os 18 a 55 anos que trabalham no setor de saúde sendo selecionados pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) em São Paulo e pela Rede D'Or São Luiz e Instituto D'Or (Idor) no Rio de Janeiro.

Feita a partir do ChAdOx1, ela é conhecida como ChAdOx1 nCoV-19 e é um dos mais avançados experimentos científicos contra o coronavírus no mundo hoje. Ela é uma versão mais branda de um vírus que causa gripe em chipanzés, com modificações genéticas que impedem que ela se espalhe entre humanos. Material genético foi acrescentado ao vírus ChAdOx1 com a presença de uma proteína chamada glicoproteína de pico.

De acordo com cientistas, ela atua no sistema imunológico do corpo humano fazendo com que ele reconheça a glicoproteína de pico e crie uma defesa contra ela.

A universidade explicou ainda que o Brasil está entre as prioridade na última fase de estudos "por causa da sua curva ascendente de covid-19", e, além dos 2 mil brasileiros, também participam do estudo 10 mil britânicos e 30 mil americanos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!