sexta-feira, 3 de julho de 2020

ISP mostra queda em números de crimes em Queimados






O município de Queimados, atualmente, colhe os frutos dos investimentos realizados na área da segurança pública. Após ser considerado, em 2016, o município mais violento do Brasil,  os governos municipal e estadual se uniram na luta contra o crime e, hoje, a cidade da Baixada Fluminense vê os indicadores de violência diminuírem consideravelmente, de acordo com os dados oficiais do ISP (Índice de Segurança Pública). Considerando os cinco primeiros meses de 2020 e os comparando com o mesmo período de 2019, a queda de homicídio doloso (quando há intenção de matar) chega a 38,7%. 

O ISP é o órgão responsável pelo levantamento dos índices de violência de todo o estado do Rio de Janeiro. A análise é feita mediante os boletins de ocorrência registrados nas delegacias e as estatísticas são divulgadas mensalmente. Os dados do ISP estão disponíveis na internet para toda população e mostra uma diminuição muito grande na prática de outros crimes neste período. Estupro, por exemplo, caiu 22%, já roubos de carga (-83,7%) a residência (-77%) e a veículos (-48%). 

Os indicadores de letalidade, que analisam cinco títulos (homicídios dolosos e decorrente em intervenção policial, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e circunstância de letalidade violência caíram mais de 32%. A queda nos números de furtos também são consideráveis. Este tipo de crime a veículos caiu 65,4%, a transeuntes -48%, a coletivos queda de 81% e a celulares -17,2%.

Para o Prefeito Carlos Vilela, a queda se dá pela união dos poderes públicos a a população contra a criminalidade: “Estávamos vivendo uma crise de segurança pública na guerra entre tráfico e milícias. Investimos pesado na área como, por exemplo, implantamos a Guarda e a Ronda Municipal, a Ronda Escolar, ampliamos o convênio com o Proeis e ainda conseguimos o projeto Segurança Presente com o estado. Vejo com muita alegrias estes números, mas temos muito que melhorar”, ressaltou. 

O Prefeito também destacou a parceria com a Polícia Militar. “O 24°BPM é peça fundamental nesta queda de crimes. Agradeço aos comandantes que passaram por aqui, principalmente ao Coronel Brandão e o atual, Mescoline. O trabalho é árduo, com toda dificuldade, mas o bem está vencendo o mal. Não posso deixar de agradecer a todos os agentes municipais de segurança pública que são incansáveis”, frisou. 

Confira os índices:

Latrocínio - 100%
Roubo de carga -83,7%
Furtos a coletivos -81%
Roubo a residência -77%
Furtos de veículos -65,4%
Roubo a transeunte -56,8%
Roubo em coletivos -56,7% 
Roubo de celulares - 50,4%
Roubo a veículo -48,2%
Furto a transeuntes -48%
Roubo a comércio -47%
Lesão Corporal Culposa -45,5%
Furtos de Bicicleta -40%
Tentativa de Homicídio-39,2%
Outros roubos -39%
Letalidade Violenta -32,6%
Homicídio Culposo - 25%
Roubo após saque -25%
Estupro -22%
Furtos de celular -17,2%
Outros furtos -16,9%
Lesão Corporal - 5,3%



TOTAL DE ROUBOS -54,7%
TOTAL DE FURTOS -36,8%
INDICADOR DE CVLI (Crimes Violentos Letais Intencionais) -46,6

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!