terça-feira, 14 de julho de 2020

Ex Secretário de Saúde do Rio entrega provas contra Wilson Witzel


O ex Secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Edmar Santos, entregou um conjunto de provas materiais que revelariam em detalhes a participação do governador Wilson Witzel, no esquema de corrupção na Saúde do estado. 

A informação foi divulgada pela coluna Radar, da revista Veja, que teria ouvido investigadores do caso. 

Ainda de acordo com a Veja, além de apresentar evidências concretas contra Witzel, Edmar ainda teria se comprometido no acordo, a devolver 8,5 milhões de reais à Justiça. “Ele entrega o dinheiro e os culpados”, disse um investigar a respeito de uma possível delação do ex Secretário. 

A revista afirmou ainda que a prisão de Edmar Santos, teria atrapalhado um acordo de delação que já estaria em andamento com a PGR (Procuradoria Geral da República) 

Vale destacar que a a prisão de Edmar é em decorrência da operação Placebo, que investiga contratos da pandemia no governo Witzel, como também o suposto esquema de corrupção na compra de respiradores, que também é alvo da Operação Mercadores do Caos no MP (Ministério Público). 

A PGR inclusive já teria pedido à Corte que liberte o ex-secretário e concentre todas as frentes do caso somente na PGR, tirando o MP do Rio da jogada. Porém, STJ (Superior Tribunal de Justiça) ainda não se manifestou sobre o caso. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!