sexta-feira, 26 de junho de 2020

Mulher é presa em Queimados acusada de aplicar o famoso "boa noite Cinderela"




Uma mulher foi presa na tarde desta sexta-feira (26) acusada de praticar diversos roubos aplicando o crime conhecido como Boa noite Cinderela, que consiste no uso de de substâncias que atuam no sistema nervoso central e deixam a pessoa desorientada e sem consciência dos seus atos. 

A prisão aconteceu através de policiais da 17° DP (São Cristóvão) que investigava a mulher, acusada de cometer os crimes nos bairros de São Cristóvão, Botafogo, Tijuca e Centro do Rio.

De acordo com a polícia, a acusada cometia os crimes com um medicamento que deixava as vítimas com amnésia, sonolência, inconsciência, alucinações, vômitos, podendo evoluir para um estado de coma e até mesmo o óbito. 

Ainda de acordo com a polícia a maioria das vítimas eram abordadas durante visita ao Centro de Tradições Nordestinas, a Feira dos Paraíbas, em São Cristóvão e danceterias nos outros bairros citados. Para cometer o crime ela se aproximava da vítima, pedia uma bebida e introduzia o medicamento no copo sem que a pessoa percebesse. Uma das vítimas da acusada morreu em 2019 dentro de um hotel em São Cristóvão. 

Contra ela foi cumprido um mandado de prisão expedido pela 37ª Vara Criminal da Capital e irá responder por latrocínio e roubo com violência. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!