quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Polícia prende pai acusado de bater em bebê de 11 meses



Policiais da 58° DP (Nova Iguaçu) prenderam Claudinei da Silva, acusado de quebrar o fêmur do próprio filho.

Em depoimento aos polícias, Claudinei tentou contar outra história, mas acabou confessando o crime após ser confrontado pelos policiais.  Ainda de acordo com sua versão, ele teria pisado no braço do bebê pois a criança não parava de chorar.

Segundo familiares da criança, após a agressão o bebê chorou por mais de 24h pois não era possível detectar a fratura. Com o passar do tempo no entanto, a perna da criança começou a inchar e os familiares socorreram-na na UPA de Austin.

Ainda na unidade, foi detectada a fratura após um exame de raio-x e a criança foi transferida as pressas para o HGNI (Hospital Geral de Nova Iguaçu - Hospital da Posse), onde teve que ser submetida as uma cirurgia delicada. De acordo com o último boletim, a operação foi bem sucedida e a criança encontra-se estável.

Após a confissão do crime, Claudinei recebeu voz de prisão podendo pegar de 8 a 16 anos de reclusão. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!