sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Assessoria confirma morte cerebral de Gugu Liberato


Por meio de uma nota oficial divulgada à imprensa na noite desta sexta-feira (22), a assessoria confirmou a morte cerebral de Augusto Liberato, o Gugu.

A confirmação veio depois do apresentador permanecer internado por dois dias no CTI após cair de uma altura de cerca de quatro metros enquanto fazia reparo no ar condicionado de sua mansão, em Orlando, nos EUA. O neurocirurgião brasileiro Prof. Dr. Guilherme Lepski, chamado pela própria família do apresentador, foi quem deu o laudo confirmando a morte do artista, diante de sua mãe, Maria do Céu, e seus irmãos, Amandio Augusto e Aparecida Liberato e de sua esposa, a médica Rose Miriam Di Matteo.

Gugu foi um dos principais apresentadores da TV brasileira. Entre 1981 e 2003, foi destaque no SBT no comando de programas de auditório. Em 1982, passou a apresentar seu primeiro grande sucesso, o programa "Viva a noite”, atração que alavancou a carreira do apresentador e era destaque por trazer números musicais de artistas em alta.

Ainda no SBT, ele também comandou outros programas e quadros de auditório com gincanas, famosos e atrações musicais, como "Sabadão sertanejo" e "Corrida maluca", além do game show “Passa ou repassa”.

O maior sucesso veio no entanto em 1993 com o programa "Domingo Legal", programa no qual esteve no comando durante 16 anos. 

Gugu deixou o programa e o SBT em 2009, quando assinou contrato com a TV Record. Na nova emissora, foi apresentador de programas que levavam seu nome, antes de passar a comandar reality shows como "Power Couple Brasil" e "Canta Comigo", último programa da carreira do apresentador. 

Gugu era casado com a médica Rose Miriam Di Matteo, com quem tinha três filhos: João Augusto, de 18 anos, e as gêmeas Marina e Sofia, de 15 anos.

Veja a nota de falecimento divulgada pela assessoria do apresentador: 




Este é um momento que jamais imaginamos viver. Com profunda tristeza, familiares comunicam o falecimento do pai, irmão, filho, amigo, empresário, jornalista e apresentador Antônio Augusto Moraes Liberato (Gugu Liberato), aos 60 anos, em Orlando, Florida, Estados Unidos.

Nosso Gugu sempre viveu de maneira simples e alegre, cercado por seus familiares e extremamente dedicado aos filhos. E assim foi até o final da vida, ocorrida após um acidente caseiro.
Ele sofreu uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando fazia um reparo no ar condicionado instalado no sótão. Foi prontamente socorrido pela equipe de resgate e admitido no Orlando Health Medical Center, onde permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva, acompanhado pela equipe médica local.
Na admissão deu entrada em escala de *Glasgow de 3 e os exames iniciais constataram sangramento intracraniano. Em virtude da gravidade neurológica, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação foi constatada a ausência de atividade cerebral. A morte encefálica foi confirmada pelo Prof. Dr. Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família, que após ver as imagens dos exames em detalhes, confirmou a irreversibilidade do quadro clínico diante de sua mãe Maria do Céu, dos irmãos Amandio Augusto e Aparecida Liberato, e da mãe de seus filhos, Rose Miriam Di Matteo.
Ainda não temos detalhes sobre o traslado para o Brasil. Informações sobre velório e sepultamento serão passadas assim que tudo estiver definido.
Ele deixa três filhos, João Augusto de 18 anos e as gêmeas Marina e Sophia de 15 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!