sábado, 24 de agosto de 2019

Passageiro baleado no peito durante assalto a ônibus, não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital



Thiago Martins Alves, de 31 anos, não resistiu ao tiro que levou no peito durante um assalto ao ônibus da Linave, e morreu na noite desta sexta-feira (23).

O jovem que foi baleado por ter deixado o celular cair no chão do ônibus na última quinta-feira (22), enquanto o veículo era assaltado, chegou a ser socorrido pelo próprio motorista do coletivo, que o levou ao Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI - Hospital da Posse), onde teve de passar por uma cirurgia de emergência, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito na noite de sexta-feira (23).

Os assaltos aos ônibus vêm se tornando constantes na região, principalmente contra os da empresa Linave. Diversos passageiros reclamaram da falta de segurança nos coletivos, que segundo eles, é vítima de assaltos quase todos os dias.

Com o falecimento de Thiago, o caso deve passar a ser investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!