sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

Arte valorizada e reconhecimento em todo o Brasil

Centro de Artes e Esportes Unificados localizado no bairro São Roque é eleito um dos melhores do país. Espaço vem transformando vida de moradores


Quando o assunto é valorização da arte e acesso à cultura, Queimados, ganhou destaque. Ao longo de 2018, o principal órgão cultural da cidade, o Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) Planeta Futuro, conquistou prêmio e foi reconhecido pelo Governo Federal com uma das melhores avaliações do país. Com ofertas de oficinas, cursos livres, shows e peças teatrais, o município ganhou espaço na cena cultural e hoje é visto como referência em todo o Estado do Rio de Janeiro.



A oferta de cursos profissionalizantes e de oficinas como Teclado, Bateria, Violão, Hip Hop, Informática, Artesanato e Fotografia, já estão em andamento desde 2016, mas foi em março deste ano que o número de oportunidades bateu seu recorde, chegando a 35 opções. Por meio de parcerias e de forma gratuita, cerca de 4 mil alunos mudaram suas rotinas e garantiram certificados de participação nas atividades, que além de ocuparem o tempo vago de uns, incentivou outros queimadenses a empreender de forma autônoma.

Em junho, o Diploma Heloneida Studart, iniciativa promovida pela ALERJ (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro) e pela Comissão da Cultura foi dado a Queimados. A honraria foi concedida pelas atividades desenvolvidas no CEU, como forma de premiar o estímulo da Prefeitura às práticas culturais.
Sob administração da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, outros pontos também foram ajustados em 2018, como foi o caso da emissão da Carteira Municipal dos Artesãos da cidade. O documento viabilizou não só a participação dos profissionais em feiras de artesanato, oficinas e cursos mas também garante segurança ao profissional e descontos em compra de produtos no comércio local.

Para finalizar o ano com chave de ouro, a Prefeitura, em parceria com a Fundação Anitta Mantuano de Artes do Rio de Janeiro (FUNARJ), promoveu o Festival de Artes e Leitura na cidade, que lotou o Teatro Delcy de Souza ao longo da programação. Com diversas linguagens artísticas, o projeto abraçou desde os pequenos até os mais velhos, com mesas de debates, oficinas de criação, peças teatrais, leituras dramatizadas e contação de histórias.

 “Estamos colhendo aos poucos os frutos de um trabalho que começou há 2 anos. Pequenas iniciativas se tornam grandes quando conseguem alcançar e mudar a vida dos moradores”
Marcelo Lessa
Secretário Municipal de Cultura e Turismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!