terça-feira, 3 de julho de 2018

Polícia mineira prende acusado de matar policial em Queimados


Anderson foi morto com três tiros em janeiro
Redação - A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu, nesta segunda-feira, Rafael Teixeira Alencar, de 22 anos, acusado da morte do policial militar carioca Anderson da Silva Santos, de 41 anos, assassinado em janeiro durante uma briga de trânsito, em Queimados, na Baixada Fluminense. O suspeito foi preso nesta manhã enquanto assistia ao jogo entre Brasil e México pelas oitavas de final da Copa do Mundo 2018, em Belo Horizonte.

Anderson foi morto após se envolver em uma briga de trânsito em janeiro deste ano. O sargento Anderson se envolveu em uma discussão após seu carro ser atingido pelo veículo de Alencar. Durante a briga, o suspeito tomou a arma do policial e atirou três vezes na cabeça dele.


Equipes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), coordenadas pelo delegado Daniel Rosa, auxiliaram a polícia mineira com informações que permitiram que policiais civis de Minas, coordenados pelo delegado Gustavo Barletta, cumprissem o mandado de prisão contra Alencar.

Anderson foi o segundo policial militar assassinado no estado do Rio em 2018. O crime aconteceu na Rua Olegário Dias, no Bairro Jardim São Miguel. O policial chegou a ser levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas não resistiu aos ferimentos e morreu após dar entrada na unidade. Segundo a PM, Anderson estava de folga no momento da ação.

Fonte: Jornal Extra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!