quarta-feira, 13 de junho de 2018

Juventude lota Câmara de Queimados e faz ato de desagravo ao vereador Elerson e ao deputado Flávio Bolsonaro

Parlamentar de Queimados ofereceu título de cidadão queimadense ao político, pelos "relevantes serviços prestados à cidade"

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas em péRedação - Uma noite polêmica e das mais agitadas da história recente da Câmara Municipal de Queimados. Cerca de 200 jovens lotaram o plenário vereador Mauro Ferreira de Castro para protestar contra a homenagem concedida pelo vereador Elerson Leandro (PPS) ao deputado estadual Flavio Bolsonaro (PSL).
Tão logo publicado no Diário Oficial do município, o título honorífico de Cidadão Queimadense - honraria concedida a personalidades que prestaram relevantes serviços ao município - já causou polêmica. Militantes de diferentes correntes partidárias se manifestaram pelas redes sociais, com cartazes colados pelas ruas e, nesta terça-feira (12), dia dos namorados, o clima não foi nada romântico na casa de leis da cidade.

A imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em péEntoando palavras de ordem contra o vereador autor da proposta e o deputado estadual, os militantes manifestaram sua indignação com tal homenagem. Aos gritos de "fascistas não passarão", a juventude presente ao local reafirmou também suas bandeiras como a defesa dos direitos da mulher e do movimento LGBT. Bolsonaro precisou ser escoltado pela polícia para conseguir deixar o local.
"A juventude de Queimados não reconhece o título concedido pela Câmara dos vereadores a Flávio Bolsonaro. Machista, racista, homofobico, e pior, apoia a entrega das riquezas do país, e foi no único deputado que votou a favor do fechamento de escolas estaduais no RJ. Não representa o povo de Queimados". disse Luísa Curty, do Levante Popular da Juventude.

Nas redes sociais, o deputado estadual ironizou a manifestação e enfatizou que o pessoal da "esquerda" não ter o que fazer no Dia dos Namorados. O curioso é que na postagem, Flávio só se refere ao vereador Elerson uma vez. O destaque no vídeo é dado para uma pré-candidata de Queimados. No fim, eles comem "coxinhas" de forma irônica ao manifesto.

Em outra parte do vídeo, o deputado usa a expressão "É melhor Jair se acostumando", fazendo referência ao seu pai, Jair Bolsonaro, pré-candidato à presidência da república.

As redes sociais bombaram com a vinda do Deputado a Queimados. Muitas críticas e elogios à atitude do vereador Elerson. Cabe à Revista Queimados noticiar os fatos, sem expressar opinião política. 

2 comentários:

  1. Meus amores, uma pequena parcela do povo de queimados (as 20 pessoas que estavam apoiando o ocorrido na câmara ontem, por exemplo) são a favor dessas pessoas porque o povo aqui tem pouca informação, o povo aqui não ta na faculdade, o tráfico e a violências crescem aqui, enquanto o número de turmas nas escolas públicas diminuem. E graças a pessoas como quem?

    ResponderExcluir

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!