sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Exame descarta morte de jovem iguaçuana em decorrência da vacina contra a febre amarela

Redação - O Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) esclarece que o exame laboratorial feito na menor Victória Marina (foto) , de 17 anos, descartou a causa da morte em decorrência da vacina contra a febre amarela. O resultado negativo foi divulgado na manhã desta sexta-feira (26), pelo laboratório LACEM, em Manguinhos (RJ).

A paciente deu entrada na unidade na última terça-feira (22) em estado gravíssimo com quadro clínico de insuficiência respiratória. Foi atendida na emergência e internada em estado na Unidade de Tratamento Semi-Intensiva (USI). O quadro clínico agravou para uma pneumonia bacteriana grave, e a menor morreu na última quinta-feira (25).

Fonte: Notícias da Baixada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!