quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Biometria obrigatória será implantada em Queimados


Redação - O município de Queimados será o quinto do estado do Rio a efetuar o cadastramento biométrico obrigatório de seus eleitores. O procedimento terá início a partir de 13 de novembro e vai até 17 de março. Nesta terça-feira (3), o prefeito Carlos Vilela participou de reunião com representantes da Justiça Eleitoral para firmar acordo de cooperação mútua que consiste em cessão de servidores e apoio na parte de logística, como a disponibilização de veículos oficiais e divulgação local. Quem quer evitar filas, no entanto, já pode fazer a biometria nos dias normais de atendimento do cartório eleitoral.
Quem não realizar o recadastramento terá o título cancelado e, além de não poder votar nas próximas eleições, ficará sujeito a uma série de impedimentos por conta de restrições no CPF, como tirar passaporte, prestar ou tomar posse de concurso público, receber aposentadoria ou pensão paga pelo Governo Federal, obter empréstimos em bancos oficiais e cadastro em benefícios federais, entre outros. Ao todo, o município de Queimados conta com 111.868 eleitores, destes 3,2 mil já efetuaram o recadastramento biométrico.
Cerca de 60 servidores vão atuar na campanha de recadastramento no município, que contará com um posto extra de atendimento, além do cartório eleitoral atualmente em funcionamento de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h, na Rua Félix, nº 1561. No momento do atendimento, o eleitor deverá ter em mãos original e cópia de um documento de identidade oficial com foto e de um comprovante de residência, como conta de luz, água ou correspondência bancária, desde que emitido até três meses antes da data do atendimento. Além disso, quem tiver o título de eleitor também deverá levá-lo.
Além do prefeito Carlos Vilela, participaram da reunião a juíza eleitoral Márcia Paixão Guimarães Leo, a Chefe do Cartório Eleitoral Adriana Ramos, o secretário de manutenção e serviços gerais, Flávio Celano e o representante da vice-presidência e corregedoria, José de Tarsio.
“O recadastramento biométrico é importante para o exercício da Cidadania. Já iniciamos o procedimento aqui na cidade e a partir de novembro vamos torná-lo obrigatório quando teremos uma central de atendimento ampliada que prestará atendimento inclusive aos sábados. O apoio logístico da prefeitura será essencial para o trabalho a ser desenvolvido”, destacou a Juíza Márcia Paixão, que responde pelo cartório eleitoral de Queimados desde maio deste ano.
O prefeito Carlos Vilela garantiu o apoio da prefeitura na campanha de recadastramento biométrico da Justiça Eleitoral. “Estamos formalizando esta parceria para garantir que o eleitor de Queimados realize, o quanto antes, o recadastramento. Colaboraremos com o que for preciso para que a Justiça Eleitoral consiga alcançar a meta estabelecida. Pretendo cadastrar minha biometria nos próximos dias para evitar filas, recomendo isso aos nossos eleitores”, afirmou o prefeito que vota na Escola Municipal Carlos Pereira Neto, no bairro São Roque, onde mora.
O sistema com leitor biométrico identifica as impressões digitais e impede que alguém vote no lugar de outro eleitor, ou mesmo que utilize um documento falso de identidade para tirar o título, já que cada pessoa possui impressões digitais únicas. Quando comparecer ao posto de atendimento, o eleitor fará a coleta da impressão digital, irá tirar fotografia digital e também atualizará os dados cadastrais. No dia da eleição, ele será identificado em sua seção eleitoral por meio da impressão digital, e o sistema biométrico irá liberar a urna eletrônica para votação. O procedimento já entrará em vigor para as eleições de 2018.

2 comentários:

  1. Lei é mais dura para quem não vota do que para os corruptos.
    Kkkkk

    ResponderExcluir
  2. "Funcionamento de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h" 70% da massa trabalhadora de Queimados esta fora da cidade neste horário...

    ResponderExcluir

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!