terça-feira, 18 de abril de 2017

Queimados vai ganhar sua segunda Vila Olímpica


Prefeitura lançou obra de complexo esportivo do bairro São Francisco que terá campo de futebol e pista de atletismo 

Redação - Os moradores de Queimados vão ganhar, em breve, um novo espaço para a prática esportiva. A Prefeitura lançou, na última segunda-feira (17), a obra da segunda Vila Olímpica da cidade: o Complexo Esportivo do Bairro São Francisco (Palestra). O equipamento irá contar com campo de futebol, pista de atletismo, de corrida e caminhada e quadra poliesportiva. O espaço ainda terá uma sala de almoxarifado e dois vestiários. O custo da obra é de R$ 1,6 milhão, que será financiado em parceria com o Ministério do Esporte e o prazo de entrega é de 120 dias.

A cerimônia contou com a presença de diversas autoridades políticas da cidade, entre eles, o Prefeito Carlos Vilela, o vice-prefeito Machado Laz, os secretários municipais de Governo, Max Lemos; de Obras, Alex Dornelas, e de Esportes, Júlio Coimbra, além do vereador Antônio Chrispe, que representou a Câmara de Vereadores e demais autoridades.

 A Vila Olímpica será construída em uma área de 2,5 mil metros quadrados. O Prefeito Carlos Vilela destacou a importância do esporte e já antecipou a realização de mais três grandes projetos na área esportiva: “Fico feliz em voltar a este bairro para lanças as obras de um projeto que era sonho dos moradores. Na região são muitas crianças, jovens e idosos que precisam deste espaço para realizarem suas atividades. E não vamos parar por aí, pois já estamos preparando mais três projetos semelhantes a este para atender outros bairros”, destacou.

 O complexo esportivo vai beneficiar cerca de 2 mil moradores de diversos bairros da localidade. Para o secretário de Governo, Max Lemos, mais um lançamento de obras na cidade mostra que o governo não parou com a crise financeira que assola o país: “O esporte é um meio de socializar as pessoas, em especial as crianças e adolescentes e estamos investindo forte na área. É mais um aparelho público, mostra a solidez e o comprometimento da gestão”, disse.

Um clube tradicional e com grandes histórias

O olhar distante ao perceber as crianças jogando bola no castigado gramado, traz a esperança de reviver grandes momentos ao lado do tradicional Palestra F.C. Este é Cesário de Paula (56), ex-atleta e que, atualmente, se divide entre a profissão de pintor e o cargo não remunerado de administrador do campo do clube. A instituição que vai completar 60 anos no próximo dia 1° de maio, atualmente não disputa nenhuma competição oficial realizada pela Liga de Desportos de Queimados, mas é o orgulho de quem já vestiu a camisa do time e de torcedores que já vibraram muito na beira do campo.

Com suas atividades esportivas paradas há cinco anos, quem traz a esperança de um futuro melhor para o clube é Cesário. Nascido e criado no bairro São Francisco, ele conta um pouco sobre sua paixão pelo time: “Comecei aqui na escolinha, passei pelo primeiro e segundo quadros e hoje tento preservar a memória da instituição. Às vezes preciso tirar dinheiro do meu bolso para realizar alguma melhoria”, destacou.

Seu Cesário, no entanto, reascendeu as esperanças de uma volta gloriosa do Palestra. O tradicional gramado passará por melhorias e receberá alambrado, além de dois vestiários e outras construções no entorno. É a chance de reviver momentos de glórias. “Ficamos muito empolgados com a chegada da construção da Vila Olímpica aqui. Deste campo saíram jogadores profissionais como o atacante Biro-Biro (Ex-Fluminense), o goleiro Henrique (ex-Macaé e América), o zagueiro Jair Tuta, vice-campeão brasileiro com o Bangu, entre outros. Vamos voltar aos bons momentos”, almeja.

José Barbosa chegou a Queimados em 1970, vindo de Vitória- ES. Hoje, com 60 anos, ele destaca a importância do complexo esportivo para as crianças e adolescentes do bairro: “Muitas delas ficam ociosas e vulneráveis demais. O esporte é fundamental para um caminho melhor. Estou muito feliz com a chegada de mais esta obra. Quando cheguei aqui era uma roça, um bairro muito precário. Hoje, as ruas são todas asfaltadas e a nova Vila Olímpica vem para acrescentar muito para a comunidade”, disse. 

Um comentário:

  1. Deveria investir em profissionais para formar atletas com qualidade para competições, isto na que já está pronta para depois pensar em expansão de espaço.

    ResponderExcluir

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!