quarta-feira, 15 de março de 2017

Espetáculo “Qualquer gato vira-lata” é atração gratuita nesta sexta


Exibindo ATORES_CARTAZ_.jpgRedação - O espetáculo “Qualquer Gato Vira-lata Tem Uma Vida Sexual Mais Sadia Que a Nossa” será atração na próxima sexta-feira (17), em Queimados, na Baixada Fluminense. A apresentação será no Teatro Metodista, no bairro Pacaembu, em duas sessões, às 19h e 21h. Fazem parte do elenco os atores Monique Alfradique, Marcos Nauer e Emiliano D'ávila. A direção é de Bibi Ferreira e o texto consagrado é de Juca de Oliveira. A classificação é de 14 anos e a entrada é franca.

Os ingressos serão distribuídos com uma hora de antecedência no próprio local, respeitando o limite de lotação do teatro de 250 pessoas por apresentação.  Segundo o Secretário Municipal de Cultura, Marcelo Lessa, a peça faz parte de uma parceria da prefeitura com a Rede Globo. “Conseguimos cinco peças desta temporada, através do incentivo à Lei Rouanet. Para nós é uma grande alegria oferecer espetáculos de alto nível e de graça para a população que pagaria em média, R$ 50,00. Valor alto para os padrões da classe média da Baixada Fluminense”, disse o secretário que ainda destacou “sem o trabalho incansável do nosso subsecretário adjunto de cultura, Leandro Santana, ficaria mais difícil a concretização dessa parceria”.

Sinopse

Exibindo peca 2.jpg
A peça retrata a vida de três jovens que estão iniciando a vida adulta e vivem as dificuldades de uma experiência amorosa. Decepcionada, após romper com seu quase namorado, Tati se refugia no auditório da faculdade para chorar, sem se dar conta de que está no meio da palestra de um professor de Biologia sobre o evolucionismo de Darwin. Para o espanto da moça, o jovem cientista elucida o porquê das desventuras amorosas das pessoas e afirma que as leis da natureza estão sendo infringidas. Extasiada com a revelação, Tati convence o professor de que ela é sua tese e recorre a sua ajuda na reconquista de Marcelo. Relutante a princípio, Conrado aceita a proposta e passa a analisar os erros que ela comete e sugere soluções

A ideia da comédia surgiu das observações do comportamento afetivo dos jovens, que hoje em dia vivem relacionamentos cheios de conflitos e desencontros, conforme relata Juca de Oliveira. "As mulheres deixaram de ser a caça para se tornarem caçadoras e este fato seria a causa principal das desilusões femininas. Com humor e originalidade, a peça funciona como um guia prático para um relacionamento perfeito indicado não só para os jovens, mas também para os adultos”, conclui.


FICHA TÉCNICA:

Texto: Juca de Oliveira

Direção: Rafaela Amado

Direção Geral - Bibi Ferreira

Diretores Assistentes: Rafaela Amado

Elenco: Monique Alfradique (Tati), Marcos Nauer (Conrado) e Emiliano D’ávila (Marcelo).

Cenografia original: Renato Scripiliti

Cenografia: Natália Lana

Figurinos: Bruno Perlato e Victor Guedes

Iluminação: Daniela Sanchez

Trilha sonora: Vicente Coelho

Produtor Executivo - Edésio Mota

Realização: Brain+ e Reder Entretenimento

Classificação etária: 14 anos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!