quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Crescimento para comemorar


Número de atendimentos nos Centros de Referência de Assistência Social de Queimados aumenta 13,5% em 2016

Atendimento nos Centros de Referência de Assistência Social
Leandro Machado - A Secretaria de Assistência Social de Queimados, na Baixada Fluminense, divulgou nesta quarta (8) os dados consolidados de atendimentos dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) em 2016 no município. E o resultado foi positivo. Os números mostram um aumento de 13,5% em relação ao ano anterior e apresenta um avanço significativo dos serviços oferecidos pelos aparelhos públicos para a população. As informações se comparam com o levantamento realizado em 2015.

Em números totalizados, mais de 24 mil pessoas procuraram as oito unidades especializadas espalhadas pelo município para receberem algum tipo de serviço disponível no ano passado. Além de novos cadastros e atendimentos continuados, as equipes realizaram visitas domiciliares, encaminhamentos, reuniões socioeducativas, inclusão no CadÚnico, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), além de orientações e esclarecimentos.

E os bons números são resultados de uma política social séria e austera. A efetivação, através de concurso público, de profissionais para oferecer um serviço contínuo à população é um dos motivos para o crescimento nos atendimentos. A partir do segundo semestre de 2015, a Prefeitura chamou 40 concursados entre assistentes sociais, psicólogos e agentes administrativos. Com isso, a população teve um acompanhamento profissional e diferenciado, aumentando assim a confiança e a relação entre o poder público e a sociedade.

Secretário Elton Teixeira
O secretário municipal de Assistência Social, Elton Teixeira, comemorou o avanço e destacou que a tendência é que os números sejam melhores em 2017, afinal, o município tem levado a sério as políticas públicas, intensificando as referentes à assistência social: “Certamente nós iremos ampliar a atendimento, por causa da integração da rede de proteção social. O município restituiu recentemente a coordenadoria de políticas sociais e vai nos ajudar bastante neste contexto”, afirmou.

Atualmente, existem nos dados da secretaria de Assistência Social, mais de 28 mil pessoas cadastradas. O município tem oito Centros de Referência de Assistência Social: Nos bairros Novo Eldorado, Parque Santiago, Inconfidência, São Jorge, São Roque, Jardim da Fonte, Nova Cidade e Glória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!