segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Temporal faz transtornos e prejuízos em Queimados

 Defesa Civil registrou quedas de árvores e muros e deslizamentos de terra, além de dezenas de alagamentos

Foi uma hora e vinte minutos ininterruptos de chuva  e ventos fortes e o saldo desta ação da natureza, no início da noite deste domingo (21), foi alagamentos, deslizes, árvores arrancadas e muita dor de cabeça para os moradores. A Prefeitura de Queimados informou através de nota que a tempestade atingiu 65 milímetros. Ou seja, choveu em 80 minutos o esperado para um mês. Nas redes sociais, os queimadenses postavam fotos de ruas e casas alagadas. Desde dezembro de 2013, quando o temporal devastou a cidade, não chovia tão forte no município.  

Ainda de acordo com a nota da Prefeitura, os bairros mais prejudicados com as chuvas foram Santa Rosa, Coimbra, Inconfidência, São Roque e Paraíso. Com números atualizados, a Defesa Civil da cidade registrou quatro deslizamentos de terra, nos bairros Inconfidência, Campo da Banha e Santa Catarina e duas quedas de muro no Jardim Catarina e Santa Luzia. O órgão municipal deve ainda hoje publicar nota com os números atualizados, após a implantação do Gabinete de emergência, liderado pela Defesa Civil.

As fotos nas redes sociais impressionam. A força da chuva foi tão forte que a Praça dos Eucaliptos parecia um rio. A Avenida Dr. Pedro Jorge também ficou intransitável. Os túneis que ligam o bairro Fanchem ao Belmonte encheram e impossibilitaram o tráfego no local. O telefone da Defesa Civil é 2665-7749.

Desde as primeiras horas da manhã, o prefeito da cidade, Max Lemos, e seus secretários, estão visitando os locais mais atingidos. Até o momento, são cinco desalojados e dois desabrigados. 






Resultado de imagem para facebook


CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ACONTECE NA CIDADE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!