quarta-feira, 29 de julho de 2015

Preso acusado de matar funcionário de loja em Queimados

Polciais da DH prenderam Marlon Barreto da Silva acusado de ter assassinado um comerciante em Queimados.REDAÇÃO: A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prendeu, na madrugada desta terça-feira, Marlon Barreto da Silva, de 19 anos. Ele é suspeito de ter matado a tiros José Reinaldo Chaves, de 58, durante uma tentativa de roubo a uma loja no dia 10 de outubro de 2014, em Queimados, na Baixada Fluminense. De acordo com o delegado titular da DHBF, Fábio Cardoso, ele confessou ter efetuado dois disparos contra José, que trabalhava para uma loja de ferragem e material de construção na Rua Mesquita, no Centro do município.

— A vítima estava fechando a loja quando foi abordada por Marlon e outro homem, identificado apenas como Paizão. Ele teria reagido e foi baleado. A ação não durou nem dez segundos — explica Cardoso.
Ainda segundo o delegado, Marlon contou que estava atrás de R$ 150 mil que estariam no cofre da loja. Ele foi preso dentro de uma serralheria em Queimados, onde estava escondido.

A partir das imagens obtidas de câmeras de segurança do comércio local, a polícia descobriu também que dois homens atuaram como olheiros e repassavam informações para Marlon e Paizão pelo celular. Um dos olheiros, Paulo César Santos, conhecido como Botinho, de 37 anos, está preso por roubo em Barra Mansa. Já o outro, Juan Rodney da Silva, de 26, está foragido.

— Quem tiver informações sobre o paradeiro do Juan ou do Paizão, peço que entre em contato com o dique-denúncia ou com a DHBF — pediu o delegado.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E FIQUE POR DENTRO DE TUDO QUE ACONTECE NA CIDADE:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!