segunda-feira, 24 de junho de 2013

Intolerância: Militante de grupo gay em Nova Iguaçu denuncia atentado: ‘Chegou a sua hora’

Eugênio, em frente à delegacia, logo depois de denunciar o atentadoRedação, Rio - O secretário de comunicação do Grupo Gay 28 de Junho, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, Eugênio Ibiapino, de 50 anos, esteve na 56ª DP (Comendador Soares), na manhã desta segunda-feira, para denunciar um atentado. Segundo ele, no início da manhã de sábado, no bairro Jardim Palmares, seis homens invadiram sua casa. Armados com tijolos, eles ameçaram Eugênio, que conseguiu escapar depois de se esconder no banheiro e ser salvo por vizinhos.
- Eles gritavam: "Viado, chegou a sua hora! Você vai morrer!". Há 30 anos combato crimes homofóbicos e quase fui vítima de um. É muito triste - disse ele, que registrará o crime também no Centro de Referência de Combate à Homofobia.

O crime aconteceu por volta das 5h30m. De acordo com Eugênio, os agressores - jovens aparentando entre 20 e 25 anos, jogaram garrafas e tijolos na frente da casa dele, na Rua Macieira. Depois, arrombaram o portão com uma moto. Assustado, o secretário de comunicação correu para o banheiro:
- Ainda jogaram um tijolo na minha cama, mas eu não estava mais lá.
Ainda muito assustado com o que passou, Eugênio disse que mudará de endereço.
- Estou me mudando porque não me sinto seguro. Se voltar para lá, posso morrer.

Fonte: Extra.globo.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!