quarta-feira, 17 de abril de 2013

Vinicius de Moraes é homenageado por estudantes da rede municipal

Foto: Joyce Pessanha
Joyce Pessanha, Rio. O “poetinha”, como era conhecido, Vinícius de Moraes completaria 100 anos no dia 19 de outubro deste ano. Para homenagear o artista, que idealizou sua obra sobre o amor, os alunos da Escola Municipal Batista no Ponte Preta realizam um projeto de decupagem e reciclagem de garrafas produzindo pinturas de imagens e partes de poemas do dramaturgo. Serão confeccionadas 100 garrafas, para exposição na inauguração do novo prédio da escola, previsto para junho. O projeto faz parte da ação de incentivar os alunos a levar o conhecimento para fora da sala de aula.
A diretora da escola, Carmena Maria da Silva, explica como aconteceu o projeto. “O nosso vigia da escola, Marcelo, faz pinturas em óleo e nos deu essa ideia de realizar a decupagem. Ele se dispôs a fazer voluntariamente essa atividade com as crianças. Fizemos uma chamada e as crianças, espontaneamente se dispuseram a estar aqui. Tanto que elas estão realizando a atividade no contra turno, para não atrapalhar as aulas” contou Carmena.
As alunas do 4° ano Kaylanne do Nascimento, Laíza dos Santos e Bianca Moura, estavam terminando suas pinturas e estavam todas orgulhosas de seus trabalhos. “O Vinicius é muito legal, a professora tinha falando sobre ele na aula, e agora eu pintei um desenho dele na minha garrafa e amei o resultado”, disse Kaylanne, seguida de expressões como “É mesmo! Eu também gostei muito” ditas por Laíza e Bianca.
Pinturas em garrafas
O tutor do projeto, o vigia da escola Marcelo Passos, que se voluntariou para realizar o trabalho com as crianças, explicou a técnica realizada pelos alunos. “Todos eles trouxeram pra cá as garrafas já lavadas e secas. A partir daí eles deram duas mãos de tinta branca para cobrir totalmente a garrafa e prepará-la para receber a cor em seguida. Depois aplicaram o desenho do Vinícius em folha de carbono com cola diluída por cima da pintura e puderam brincar escrevendo partes de poemas dele na garrafa. Eles adoraram”, explicou.
A mãe da aluna Alessandra Telles Lima, Vaneide Lima, trouxe a filha para realizar a atividade extra. “A Alessandra me acordou hoje 6:20h da manhã para vir, estava toda ansiosa em realizar o trabalho. Tivemos que procurar algumas garrafas, limpá-las e secá-las para a pintura. Por mim, não traria ela em outro horário pra escola, mas ela insistiu tanto. Minha filha gosta demais de pintura e arte, e como mãe é meu dever incentivar”, frisou. “Estou amando pintar e aprender mais sobre Vinicius de Moraes”, falou a pequena Alessandra que é aluna do 4° ano e tem 9 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!