sexta-feira, 22 de março de 2013

Segurança é morto em assalto a shopping

Representantes da Sindfort querem mais segurança

Redação, Rio- Foi identificado como Willian Martins do Santos, de 38 anos, o vigilante morto durante um assalto a um carro-forte da empresa Prosegur, no estacionamento do shopping Grande Rio, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, na manhã desta sexta-feira. O vigilante ferido é Márcio Vinícius Valentim dos Santos, de 36 anos. Ele foi atingido por três tiros: braço, dedo e tronco esquerdo. Márcio está internado no Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, e vai passar por uma cirurgia. Seu quadro é estável. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Roubos e Furtos (DFR).

O diretor-procurador do Sindicato dos Trabalhadores em Serviços de Carro Forte, Guarda, Transporte de Valores do Rio (Sindiforte-RJ), Robson Mesquita de Oliveira, esteve no local e disse que os shoppings precisam aumentar a segurança para evitar novas mortes como essa:
- Aqui não é local de descarregar dinheiro. Se quer exercer o comércio, tem que estabelecer normas de segurança. O shopping tem que se responsabilizar pela manutenção de uma cabine da PM aqui dentro. Precisamos de uma acessibilidade menos exposta para equipes que estão desembarcando. Eles (bandidos) levaram dois sacos de moeda e perdemos uma vida.

Outro problema para os vigilantes seria a proibição de usar determinadas armas em shoppings. Segundo o secretário geral do Sindiforte-RJ, Arlindo Estevan, na maioria dos casos, os agentes entram com apenas com revólver calibre 38.
- O shopping não deixa entrar com armamento. Como bandido entra de fuzil? Nossos companheiros estão sendo mortos e ninguém toma providência. Tem shopping que não deixa entrar armado. Temos autorização para usar calibre 12, mas não podemos entrar nos shoppings com ela - disse Arlindo.

Pânico e correria

O assalto ao carro-forte foi no início da manhá e teria sido praticado por pelo menos cinco homens armados. Na ocasião, houve pânico e correria. O carro usado pelos bandidos, um Doblô, foi encontrado incendiado nas proximidades do shopping.

Em nota, a Prosegur lamentou a morte do vigilantes. Leia a íntegra do comunicado:
“Hoje, dia 22, por volta das 8h30, em um shopping center localizado no município de São João do Meriti, no Rio de Janeiro, uma equipe de um carro-forte da Prosegur que estava efetuando uma operação de desembarque, foi atacada por bandidos.
"Lamentamos informar que um de seus vigilantes foi atingido por um tiro de fuzil e veio a falecer.
A empresa está prestando todo o apoio à família da vítima.”

Fonte e foto: Jornal Extra/ Cintia Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!