segunda-feira, 4 de março de 2013

Secretária de Saúde de Queimados comemora novos Programas


Dine Estela: Melhorar, reformar e ampliar a atenção básica de saúde são alguns desafios que os secretários municipais terão pelos próximos quatro anos. Cerca de 2 mil secretários, das 435 Regiões de Saúde existentes no País, estiveram presentes no encontro Acolhimento Nacional aos Secretários e Secretárias Municipais de Saúde, realizado pelo Ministério da Saúde em Brasília no último mês. O primeiro seminário reacendeu esperanças para os municípios pequenos do Brasil e Queimados tem grandes expectativas para melhorar e ampliar os atendimento das UBS e ampliação de alguns programas como o Brasil Sorridente, por exemplo.
A secretária de saúde de Queimados, Dr.ª Fátima Cristina já faz planos para o futuro. “Estou muito feliz com o encontro. Voltamos de lá com mais esperança de que possamos fazer uma gestão de saúde mais humanizada com serviços mais rápidos e eficientes para a população. Iremos tocar grandes projetos como o Brasil Sorridente que vai resolver problemas de média e alta complexidade odontológica, oferecendo tratamentos mais avançados como canal, correção dentária, aparelhos, entre outros, que hoje não temos na rede de atenção básica”, explicou a secretária, que ficou cinco dias no Distrito Federal, por conta do seminário.
Uma das portarias apresentadas beneficia os agentes comunitários de saúde, com a fixação do valor de R$ 950 por agente a cada mês como incentivo financeiro. O valor praticado atualmente era de R$ 871/mês. Foi assinada ainda, a portaria que permite que todos os municípios do Brasil tenham pelo menos uma equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). A portaria cria a modalidade 3 (de uma a duas equipes), e redefine os parâmetros de vinculação das modalidades 1 (de cinco a nove equipes) e 2 (de três a quatro equipes). Esta redefinição representa um aumento do teto de implantação dos NASFs para os municípios, com ampliação dos repasses financeiros federais.
O NASF é uma equipe, integrada por profissionais de diferentes áreas de conhecimento que atuam em conjunto com os profissionais das equipes de Saúde da Família (SF), compartilhando e apoiando as práticas em saúde.


Um comentário:

  1. muito bacana a intenção do município e fique sabendo trabalhando a 7 anos na cidade vejo drº uma equipe super competente ao seu lado ,tanto no seu jurídico por exemplo o nosso amigo Ronildo e quanto no administrativo tem uma jovem no seu setor de trabalho auto competente no que faz muito bem o que estar ao seu alcance a conheço sua competência desda época da PGM e me mostrou ser muito competente na época em que atuo na licitação licitação a José uma pessoa de estrema confiança se comparando aos demais na qual estivarão com ela na antiga legislação hj a saúde está de parabéns.

    ResponderExcluir

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!