terça-feira, 19 de março de 2013

Jovens aprendizes de Queimados participam da última etapa de processo seletivo


Felipe Carvalho - O Município de Queimados está empenhado na qualificação e formação profissional dos jovens da cidade para a inserção no mercado de trabalho. As Secretarias de Trabalho e Renda e a de Desenvolvimento Econômico reuniram 59 adolescentes para a realização de prova para o ingresso no curso do Senai de panificação e confeiteiro, que terá início em abril na Unidade Tijuca. Dos 59 jovens que foram avaliados, 42 conseguiram ser aprovados no exame e participarão nesta quarta-feira, 20, da última etapa do processo seletivo que consiste na dinâmica de grupo que será realizada por uma Psicóloga da Piraquê, na sede da empresa, em Madureira.

O Secretário Municipal de Trabalho e Renda, Antônio Chrispe, o Tuninho Vira Virou, disse que este estímulo da Prefeitura para a qualificação dos jovens é apenas um pontapé inicial, dentro de outras parcerias que serão realizadas pelas empresas que se instalarem no município.  Recentemente, o Prefeito Max Lemos anunciou a meta do Governo de até o final da segunda gestão chegar ao número de 50 empresas. Atualmente, Queimados possui 40 indústrias, 22 instaladas e 18 em processo de implantação.

Estudantes receberão bolsa auxílio durante o curso

Para o estudante de administração Jonathan de Souza, 17 a aprovação foi o primeiro passo para o ingresso no mercado de trabalho. “Estudei em casa, pela internet, lendo os livros da escola. Foi uma adrenalina muito grande, quando soube que fui aprovado. Espero que seja mais uma experiência no meu currículo. É um sonho poder trabalhar no ramo da culinária. Agora, espero alcançar o meu objetivo que é conseguir uma vaga de jovem aprendiz na Piraquê, para aos poucos ir crescendo no mercado de trabalho”, disse Jonathan.

Já Maria Marcielle Cabral, 18, agradeceu o apoio durante o processo seletivo e falou sobre a expectativa com a realização do curso. “A Prefeitura foi muito importante para que conseguíssemos alcançar o resultado positivo na prova, pois ela disponibilizou informações preparando e mostrando o que é a Piraquê, deu palestras sobre mercado de trabalho, o que é exigido aqui fora, disponibilizou transporte e alimentação e, principalmente deu oportunidade para os moradores da cidade”, contou Marcielle.

Os estudantes receberão bolsa auxílio durante a realização do curso, que é  destinado para jovens entre 18 e 22 anos, que tenham concluído o 9º ano do Ensino Fundamental e terá duração de dois anos com carga horária total de 800 horas. Ao final, os jovens deverão ser aproveitados na empresa Piraquê, que começará suas atividades em 2015, em Queimados e terão a competência profissional de elaborar produtos de panificação e confeitaria através do preparo de massas com suas coberturas e recheios, de acordo com as normas técnicas, de segurança, higiene e saúde no trabalho. 

2 comentários:

  1. Parabens a queimados e a todos seus governantes emais uma vez parabens para meu filho por mais uma conquista

    ResponderExcluir
  2. nossa tento a 3 anos com meu filho e nunca consigo,será que é falta de divulgaçao?

    ResponderExcluir

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!