terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Queimados planeja celebração de convênio que irá reflorestar Morro da Torre

Técnicos da Prefeitura se reuniram nesta terça-feira, 4,
com representantes da Empresa que fará a compensação
ambiental e com os proprietários da Área que
 deverá começar a ser reflorestada ainda este ano
Felipe Carvalho-Rio. O Município de Queimados está perto de dar mais um passo importante no que tange a política de preservação ambiental. Isso porque a empresa “JTM Participações e locações de imóveis próprios” construirá 10 galpões logísticos às Margens da Rodovia Presidente Dutra, na altura do KM 25, próximo ao Galpão das Lojas Americanas. Como compensação ambiental, o empreendimento irá reflorestar uma área degradada da Cidade. Ao que tudo indica, será o Morro da Torre, onde deverão ser plantadas 4.218 mudas de espécies nativas de mata atlântica.

O reflorestamento só será possível através do acordo que será celebrado Prefeitura, a iniciativa privada e o proprietário do imóvel. “Pretendemos recuperar a área degradada do Morro da Torre e para isso precisamos da colaboração do proprietário da área e de parceiros através da iniciativa privada. A idéia é levar o reflorestamento para várias áreas do Município, criando o que denominamos de APA (Área de Proteção Ambiental)”, afirmou Hélio Vanderlei, gerente de Políticas Públicas da ONG Onda Verde, que será a empresa responsável pelo reflorestamento.

Segundo o Técnico Ambiental da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente de Queimados, José Anunciação, o convênio tem como objetivos garantir a proteção das áreas verdes e garantir a segurança das encostas. “É fundamental protegermos nossas áreas verdes, que estão sendo invadidas, como é o caso do próprio Morro da Torre. Além de preservar a área, a ação recupera as encostas, através da nova vegetação, que será plantada. Queremos que o Morro da Torre vire uma floresta para melhorar a nossa qualidade de vida”, disse.

Atualmente, o Município de Queimados conta com três APA’s: A Luiz Gonzaga de Macedo, localizado no Fanchem e as Jacatirão I e II, localizadas próximo ao Distrito Industrial do Município. A Cidade conta ainda com mais uma Unidade de Conservação, que é o Parque Natural Municipal Morro da Baleia, situado no Fanchem. Essas ações fizeram com que o ICMS verde arrecadado pelo Município crescesse de R$ 98.000 em 2009 para mais de R$ 800 mil em 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!