terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Max Lemos recebe medalha da Ordem do Mérito Judiciário no TRT/RJ

Crédito: Simone Silva/PMQ
Felipe Carvalho-Rio. O prefeito de Queimados, Max Lemos, foi condecorado com a medalha da Ordem do Mérito Judiciário, homenagem cedida pelo Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT/RJ). A entrega da medalha foi realizada pelo desembargador e vice-presidente do TRT/RJ, Carlos Alberto Araújo Drummond, na última sexta-feira, dia 30, no Prédio-Sede do TRT/RJ, no Centro.

A entrega das medalhas teve como finalidade homenagear autoridades, magistrados, advogados, empresários e profissionais de diversas áreas que tenham se destacado por prestar relevantes serviços à cultura jurídica e à Justiça do Trabalho. As insígnias foram divididas em quatro graus: Grão-Colar, Grã-Cruz, Grande Oficial e Comendador.      

Na ocasião, Max Lemos foi condecorado com a medalha Grã-Cruz. A insígnia, instituída em 2004, é o penúltimo grau de condecoração a uma autoridade pelo Tribunal. A Grã-Cruz fica apenas abaixo da insígnia Grã-Colar que é concedida apenas ao presidente da República e aos chefes de Estado estrangeiros.

Para o prefeito Max lemos a condecoração representa o reconhecimento de um trabalho totalmente dedicado em prol à população de Queimados. “Essa medalha é o reconhecimento do trabalho árduo que estamos fazendo em nossa cidade. Estou aqui representando todos os queimadenses que acreditam no meu trabalho. Essa medalha é de todos os queimadenses também”, contou emocionado após a cerimônia, Max Lemos.

O evento contou com a participação de autoridades do âmbito judiciário, civil e executivo. Entre os homenageados estavam presentes o ministro do Supremo Tribunal Federal, Carlos Ayres Britto, a ministra do Tribunal Superior do Trabalho, Kátia Magalhães Arruda, o arcebispo da Arquidiocese do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, a desembargadora e presidente do TRT/RJ, Maria de Lourdes Sallaberry, entre outras autoridades.

A partir de março de 2013, o município terá sua Primeira Vara do Trabalho (VT). O prédio escolhido para receber o orgão dos direitos trabalhistas passa por obras para ter acessibilidade para deficientes físicos. A VT ficará na Rua Elói Teixeira, nº 50 – Centro.

Fonte: Assessoria de Comunicação/PMQ

Um comentário:

  1. Tipo, o que ele faz para a cultura jurídica Trabalhista do Município?
    Instalar na 01/VT de Queimados não foi ideia dele, mas sim uma parceria da OAB/RJ e do TRT/RJ, que a séculos estamos pedindo uma vara trabalhista para Queimados!
    Ai vem um merda, que se diz advogado, que nunca passou em uma prova da OAB, nunca atuou na esfera trabalhista e se diz o bam-bam-bam do meio! Ah fala sério!
    Vergonha viu!

    ResponderExcluir

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!