quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Dois baleados em bar em Queimados


Everaldo Quintino dos Santos, de 32 anos, e Jairo Lima da Paz Júnior, 24, foram baleados em um bar na Rua da Postiação, bairro Jardim Riachão, em Queimados, na Baixada Fluminense, no início da madrugada desta quarta-feira. De acordo com policiais do 24º BPM (Queimados), dois homens em uma moto vermelha passaram pelo estabelecimento e fizeram vários disparos. As vítimas estavam bebendo cerveja e foram atingidas.
Jairo foi ferido na perna esquerda e Everaldo nas duas pernas. Eles foram socorridos inicialmente na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas de Queimados. De lá, eles foram transferidos para o Hospital Geral da Posse, em Nova Iguaçu. O estado de saúde deles é estável. Ainda de acordo com a PM, eles não tem passagem pela polícia. O registro do caso foi feito na 55ª DP (Queimados).
Fontes: Jornal O dia e Extra online

Um comentário:

  1. um dos baleados e ex presidiario ,ele e autor do homicidio na rua do queimadão que foi filmado pela camera da pm no dia 12/07/2008. Vídeo mostra assassinato dentro de bar em Queimados
    Carlos Brito - Extra
    Tamanho do texto A A A


    RIO - Não foi só a chuva que molhou o chão da Rua Olympia Silva, no bairro Campo da Banha, em Queimados, na manhã do dia 12 de julho. O sangue de Wellington Santos e Santos, de 21 anos, manchou o local. Ele foi assassinado pouco depois da 7h por Jairo Lima da Paz Júnior, também de 21. O motivo do crime ainda não foi esclarecido. Entretanto, todos os detalhes do homicídio - até mesmo os instantes em que o assassino espreitava a vítima - foram registrados por uma câmera de vigilância do 24º BPM (Queimados).
    As imagens da gravação - que podem ser vistas no site Extra On Line - mostram desde o momento em que Wellington passa na rua pela primeira vez até o instante no qual Jairo - também conhecido como Juninho - corre na sua frente atirando contra ele.
    Na porta do bar
    Wellington havia passado a madrugada trabalhando numa das barracas de uma festa julina na Rua Corcovado, transversal à Rua Olympia Silva. Usando um carrinho de carga, logo ao amanhecer, ele pegou as caixas de bebida que havia usado e as levou até um bar.
    Nas imagens, é possível ver Juninho observando Wellington em companhia de outro homem, não identificado, que supostamente lhe entrega uma arma.
    Juninho espera até que Wellington entre no bar. Logo em seguida, o assassino saca uma arma, corre em direção à vítima, e faz pelo menos cinco disparos.
    A vítima morre diante das pessoas que passavam pela rua naquele momento. Logo em seguida, Juninho foge em direção ao início da Olympia Silva e está foragido.
    A vítima e o executor jáse conheciam
    Segundo a polícia, assassino e vítima já se conheciam. Ambos teriam se desentendido, há pouco tempo, mas o motivo da briga ainda é desconhecido. Depois do inquérito instaurado, os agentes da 55ª DP (Queimados), onde o caso foi registrado, receberam a informação de que Juninho estaria escondido no bairro Alcântara, em São Gonçalo. Os detetives foram até o local indicado, mas Juninho já não estava mais lá. Segundo os investigadores, a mulher dele teria dado à luz há pouco tempo.
    - Um homem que comete um crime desse tipo, em plena luz do dia e diante de várias testemunhas, é extremamente perigoso. Ele tem de ser detido o mais rapidamente possível. Por isso, pedimos que as pessoas que tenham

    fonte: http://extra.globo.com/casos-de-policia/video-mostra-assassinato-dentro-de-bar-em-queimados-559446.html#ixzz24MPsivlZ

    ResponderExcluir

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!