segunda-feira, 25 de junho de 2012

Mulher acusada de trabalhar com Pai Bruno é presa em Queimados. Veja o vídeo


Duas irmãs do religioso Edmar Santos de Araújo, conhecido como “Pai Bruno”, foram presas na Baixada Fluminense. Segundo a polícia elas faziam parte da quadrilha que é suspeita de praticar estelionato e extorsão. Viviane Duarte de Souza, de 37 anos, foi presa em Nilópolis e Luciana Duarte de Souza, de 42 anos, foi presa em Queimados. 

De acordo com os policias da Delegacia do Leblon (14ª DP), que investigam o caso, a função das irmãs de Edmar era atender o telefone, extorquindo e ameaçando vítimas de morte. 

“Pai Bruno” foi preso no início do mês em Nilópolis. Uma pessoa que viu o anúncio do religioso no jornal disse que foi enganada e ameaçada. A vítima chegou a pagar R$ 2.000 ao suspeito e não teve o pedido atendido. Após a prisão do religioso diversas vítimas foram à delegacia prestar queixa contra Edmar.

O MP-RJ (Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro), por intermédio da Promotoria de Justiça, ofereceu denúncia contra Edmar Santos pelos crimes de estelionato, quadrilha e extorsão.

Veja o momento da prisão:

18:19


Fonte: R7.COM

2 comentários:

  1. Será que o MP está esquecendo do PAI SÉRGIO.....
    É de Queimados

    ResponderExcluir
  2. ESCRAAAAAAAAAACHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!

    ResponderExcluir

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!