sexta-feira, 11 de maio de 2012

Delegacia da Mulher itinerante, teve média de 100 atendimentos diários


Leandro Machado, Rio- A Delegacia da Mulher Itinerante, um ônibus adaptado para orientar e encaminhar casos de mulheres vítimas de violência doméstica, da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher (DPAM), encerrou nesta sexta-feira, dia 11, seus dois dias de atendimento na Praça Nossa Senhora da Conceição, no Centro de Queimados. Realizando uma média de 100 atendimentos por dia, agentes da Polícia Civil orientavam sobre a Lei Maria da Penha (n° 11.340/06), e que tinham interesse em denunciar seus agressores.
  
Em parceria com a Coordenadoria de Políticas Publicas para Mulheres de Queimados, foi a quarta vez que a “Delegacia da Mulher Móvel” visita o município. Segundo a delegada da unidade de São João de Meriti, Sueli Murat, as visitas servem para estimular os registros de denúncias de mulheres que sofrem algum tipo de violência. “Muitas se sentem coagidas de alguma forma. Uma vez que estamos aqui, elas ficam mais confiantes para nos procurar e contar seus casos. Nossa visita serve para que elas percam o medo de falar”, comentou Murat.      

Orientação jurídica sobre divórcio, guarda dos filhos e reconhecimento de paternidade eram uns dos serviços mais procurados. Também foram distribuídos guias práticos, da Secretaria Estadual de Segurança Pública, sobre prevenção e o que fazer em casos de violência. Os atendimentos funcionaram das 10h às 16h.


Fonte: Assessoria PMQ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!