sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Estúdio musical é invadido durante folia de carnaval em Queimados

Vários artistas locais já fizeram trabalhos no estúdio Mar Aberto


Leandro Machado, Rio-Há mais de 10 anos realizando sonhos de artistas que almejam entrar no cenário musical, o estúdio de música Mar aberto foi invadido por bandidos na madrugada de terça-feira (21). Os assaltantes arrombaram o portão e mais duas portas do estúdio, que fica na Rua Wálter, no Centro de Queimados. Apesar do grande barulho que o arrombamento das portas devem ter proporcionado, os vizinhos não viram e nem ouviram nada.

Uma das portas do estúdio arrombada
O produtor, músico e escritor Alexandre Monsores, dono do estúdio, viajou e deixou todas as entradas devidamente trancadas e, quando voltou, encontrou as portas no chão. Monsores disse que os bandidos levaram um monitor de computador, um teclado controlador (próprio para gravação), uma cafeteira e duas capas de sofá, provavelmente usadas para envolver os objetos roubados. A soma do prejuízo não passa dos 2 mil reais, mas poderia ter sido bem maior.
- Tenho aqui valores infinitamente maiores do que bens materiais. São projetos de centenas de artistas, inspirações que são incalculáveis. Além, é claro, de equipamentos bem mais caros do que aqueles que foram roubados. Disse Alexandre Monsores. 

Para evitar novos assaltos, o produtor está reforçando as entradas do estúdio , colocando um sistema de segurança com câmeras , travas e   alarmes. Ele conta que este não foi o primeiro roubo no estúdio Mar Aberto.
- É o segundo assalto em dez anos de trabalho aqui. Graças a Deus que tive grandes livramentos, mas tenho que fazer a minha parte.

O caso foi registrado na 55° DP (Queimados), mas por conta da grande quantidade de casos durante o carnaval, Alexandre dispensou a perícia: "Fiz o RO (Registro de Ocorrência) às 22h e o inspetor me disse que até as 10h da manhã a perícia estaria no local. Às 14h não tinha chegado ninguém, então como eu precisava recolocar as portas no lugar, cancelei a perícia".


O Mar Aberto

3 comentários:

  1. Nossa Policia, sempre muito "eficiente"!

    ResponderExcluir
  2. Pessoas como o Alexandre Monsores nunca se deixam abater por essas coisas pequenas. Mas é triste saber que é essa a importância que a polícia dá para pessoas honestas e batalhadoras como ele.

    ResponderExcluir
  3. Obrigado pelo carinho da galera. Obrigado Leandro e pessoal da Revista Queimados.com.
    Deixo claro que, mesmo com a demora da vinda da perícia (devido ao grande número de ocorrências na Baixada) o tratamento comigo na 55 DP foi exemplar. Delegacia Legal mesmo!
    Força no Senhor nosso Deus! Só ELE mesmo.

    ResponderExcluir

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!