segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Colégio Betel é acusado de homofobia

Mãe de aluna diz que o colégio proibiu sua filha de ser matriculada sobre a acusação de ser lésbica

Leandro Machado, Rio- A mãe de uma adolescente de 15 anos está acusando o colégio Betel, em Queimados, de proibir a rematrícula da jovem com a acusação de lesbianismo. A mulher, que não quis se identificar, disse que a coordenadora pedagógica do colégio, afirmou na sala de aula que a menina seria retirada do colégio por estar aliciando as colegas de escola. A mãe ainda disse que, a partir de então, a adolescente passou a ser vista como homossexual por todos na escola.
- É um absurdo. Uma menina ainda em formação ser tratada desta forma. A coordenadora disse que estava tirando minha filha da escola por ela estar aliciando as meninas do colégio. Quero que ela prove em juízo.  

Betel se defende e garante não ter homofobia no colégio
Ainda conforme as declarações da mãe da adolescente, a perseguição à menor começou após uma discussão entre a menina e uma sobrinha da responsável pela coordenação da escola. Uma professora do colégio teria afirmado que a menina seria reprovada e que apenas uma das duas ficaria na Instituição de ensino. E estas declarações teriam sido feitas na sala de aula, onde a menor passou por grande constrangimento. Realmente a menina não alcançou notas suficientes para passar de série.  A menina fez as provas de recuperação e ficou reprovada, porém, quando a responsável por ela quis ver as provas, não obteve êxito.

Mesmo assim, a mãe da menina tentou fazer a rematrícula para a jovem cursar de novo o 1° ano. Foi aí então a surpresa maior: Ela foi impedida de se rematricular pela acusação de não se adaptar às normas do Colégio, pois seria lésbica. Indignada com a situação, a mãe da menina procurou a polícia e acusou a escola de homofobia. A Constituição Federal dá a toda criança e adolescentes direito à educação e, também, devem ser resguardados de violência e discriminação.

Procurado para dar esclarescimentos, o diretor da escola, Luiz Carlos Santos, disse que toda escola tem seu regime interno e a menina não cumpriu as normas estabelecidas pela Instituição de ensino, sendo assim, o conselho da escola resolveu não aceitar a renovação de matrícula da menor. Mas ao saber que a responsável tinha ido à Polícia, conforme afirmações da mãe da menina, o diretor a chamou para uma conversa em particular. Não sabendo que a mulher estava com uma câmera escondida, o responsável pelo colégio fez a proposta de todos esquecerem o assunto e ele, mesmo com a menor reprovada, passaria a menina de série, em troca da retirada da queixa. As denúncias foram feitas à Rede Record de Televisão pela mãe da moça.

À nossa equipe de reportagem, por telefone, Luiz Carlos Santos disse que desconhece qualquer tipo de homofobia na escola e que a menina foi "convidada" a não renovar sua matrícula por comportamentos inadequados, assim como outros 22 alunos. O diretor ainda disse existem vários homossexuais na escola e nunca sofreram qualquer tipo de discriminação. Quanto às imagens registradas pela mãe da menor, Luiz Carlos garante que o ato é ilegal e o departamento jurídico da escola está tomando providências. O responsável pela Instituição afirma que o vídeo foi editado e os responsáveis irão ter que dar explicações.
- Uma pessoa chegar na minhas sala e gravar imagens sem minha autorização é crime. Já estamos tomando providências quanto a isso. O vídeo que é mostrado é editado e qualquer um pode fazer isso. Nós estamos tranquilos.

Veja na íntegra, o vídeo exibido no RJ no ar, da Rede Record de Televisão



29 comentários:

  1. Lamentavél...mas é um caso muito comum nessa escola, comigo aconteceu um fato parecido fui discriminada por ser gorda e quando fui reclamar com a direção da escola fui chamada na sala da coordenadora juntamente com a vice-diretora e me fizeram "entender" que tudo não passou de um mal entendido.Só que ao findar o ano fui despedida, me alegaram que uma avaliação foi feita e eu não passei só que nunca foi feito nada e caso tivesse sido feito deveria ter a minha assinatura, pois na outra unidade da mesma escola é assim que as avaliações são feitas!!É muito louvável o que essa mãe fez tem que partir com tudo mesmo, pois é bem o tipinho deles tentar diminuir o ocorrido, sendo que a dona da escola mesmo nem aparece pra dar uma satisfação!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz um regime entãooo....que ideiaa..

      Excluir
  2. Infelizmente caos aconteçem, pois perderam seus valores de ética profissional. Aconteçeu com meu filho não como homofobia,mais descriminação,e abuso do poder.Salas de aulas com lotação e uma professora para comandar 50 alunos. A coordenção desta instituição deveria seguir o exemplo das mais antigas.......

    ResponderExcluir
  3. Graças à Deus e retirei minha filha desse colégio, ela só tem 8 anos e sofreu vários constrangimentos, qdo fui verificar os ocorridos na direção, como sempre a explicação é que foi tudo um mal entendido!!!! Como sempre claro!!!

    ResponderExcluir
  4. Estudei no Betel durante muito tempo e também a minha família. Nunca tive nenhum problema, nem os meus familiares. Quem faz um tipo de denúncia dessa natureza é porque não sabe o que ocorre dentro de sala de aula com alunos que não querem muitas vezes nada e a escola ainda tem que ser babá desses adolescentes.

    ResponderExcluir
  5. Fui aluna do Prof. Luis Carlos durante três anos do Ensino Médio no Betel e todas essas calúnias a respeito dele não procedem. Quem o conhece sabe que ele chega a ser chato com a questão da disciplina, mas o caminho é esse: Sem disciciplina a gente não vai a lugar algum. Parabens ao Betel e ao Prof. LUis Carlos pela decisão. Quem não conhece é que critica. Em Deus, essa senhora e sua filha irão responder por tudo o que tem feito, sem falar que o Betel não discrimina ninguém.

    ResponderExcluir
  6. INGRATIDÃO É A PALAVRA CHAVE PARA ESTE MOMENTO TÃO DIFÍCIL QUE ESTA ESCOLA ESTÁ PASSANDO. SOU MÃE DE ALUNO QUE ESTUDOU E SE FORMOU NESTA INSTITUIÇÃO E NÃO TENHO NADA CONTRA O SISTEMA DE ENSINO E AVALIAÇÃO. TENHO OUTRO FILHO QUE ACABA DE INGRESSAR NO FUNDAMENTAL II E TEM SE DESENVOLVIDO BASTANTE, SENDO ACOMPANHADO NAS AULAS RECEBENDO TODA ASSISTÊNCIA DE QUE UM ALUNO PRECISA E TENHO TAMBÉM O TESTEMUNHO DE OUTRAS COLEGAS QUE TEM SENTIDO O MESMO EM RELAÇÃO À ESTA ESCOLA. FICO TRISTE COM A DIVULGAÇÃO DE UM COMENTÁRIO QUE NÃO TEM VERACIDADE. DEVE-SE INVESTIGAR PRIMEIRO E SÓ PODEMOS FALAR DAQUILO QUE CONHECEMOS. EU CONHEÇO ESTA ESCOLA.ESTUDEI E ME FORMEI NESTA CASA. ESPERO QUE TUDO SEJA ESCLARECIDO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra quem se contenta com pouco 1SALÁRIO minimo e muito. deve ser o seu caso. vc nao deve saber nem qual e grade de disciplinas do seu filho. se liga ô iludido.acorda.

      Excluir
  7. sabe o que é isto: FALTA DE COMPETENCIA. Há muitos anos passados o Betel enganava as pessoas. Não se atualizam. Ficam trancados dentro de 4 paredes e acham que são os melhores....
    Sei de casos de não aceitarem pessoas com deficiencia auditiva. o que tb é GRAVE!.

    ResponderExcluir
  8. É simples de começar a Resolver: peça pra escola a FORMAÇÂO PEDAGÒGICA dos profissionais que atuam lá no Betel. De todos os chamados coordenadores pedagógicos, acho que somente 1 tem a formação em pedagogia!. A falta de capacitação é um fatO1.
    Não adianta ter um tamanho de um elefante , se a qualidade do ensino em geral é um lixo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, muitos ali tem formação de bacharelado (são excelentes nas matérias que ensinam) mas FORMAÇÃO PEDAGÓGICA está em falta. Não conhecem as leis e tampouco fazem "curso de reciclagem".

      Excluir
  9. Engulam o sapo. aceitem as criticas. o video e uma prova. entao pecam pra analisar tecnicamente. isto vcs nem fazem e nem irao fazer. nao sabem por onde comecar. sao fracos. uma escola que só está preocupada com festas nao podw ter tempo para gerenciar problemas como este. vao se capacitar ok?

    ResponderExcluir
  10. Se eu continuasse estudando la. nso passava nem ns prova de pm rj

    ResponderExcluir
  11. Pq o betel nao publica nunca sua classificaçao pelo mec? Sabe pq? pq sao fracos.

    ResponderExcluir
  12. Pois fala-se tanto em culpa....mas são tds culpados, pois essa mae acha q ser mae é passar mão na cabeça da filha e armar esse circo....ela veio expulsa de outra escola pelo q foi comentado, agora ela vem agir cm alguem q protege?queria saber se ela ia saber dos problemas da filha ou só vai a escola qnd a filhinha reclama de alguma injustiça....cm a maioria dos pais...o BETEL é uma escola cm outras, com problemas de disciplina e o q a difere p q seja feito essa palhaçada é q é particular, então esses responsaveis se acham no direito de passar por cima da autoridade escolar, aceitando q os filhos se deixem passar por meras vitimas, e essa gravação, c certeza foi editada, se a aluna ja vinha sendo desrespeitada pq n a tirou de lá, mas é assim q eles agem, a escola n presta mas permanecem lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc não pode falar que foi editado. Vc é profissional perito em imagem e som? Então não fique blasfemando aqui neste espaço ok. Seja coerente.
      O que está em jogo é: É SÓ APERTAR QUE QQ UM PASSA DE ANO NO BETEL. BASTA UMA CONVERSINHA LÁ DENTRO. TODOS ESTÃO ESQEUCENDO O LADO DO PROFESSOR, QUE GANHA POUCO , COBRA DO ALUNO, APLICA NOTAS VERMELHAS E DEPOIS UM CARA COMO ESSE RESOLVE PASSAR O ALUNO QUE QUER COM APENAS UM TRATO. VAMOS COMBINAR AQUI: Por isso que este país cresce apenas 5% ao ano, outros países menores do o Brasil crescem mais de 10 % ao ano.

      *ATENÇÃO*

      SEMPRE QUE LER ALGO : SEJA SENSATO. TENHA UMA VISÃO MACRO DA COISA E NÃO MICRO. OK! PROCURE LER LITERATURAS ALTERNATIVAS PRA CRIAR RACIOCINIO CORRETO.

      Excluir
  13. QUE ABSURDO, É UMA PENA, UM COLÉGIO QUE TEM TUDO PARA DAR CERTO...
    CADA ANO SE AFUNDA MAIS E MAIS SEMPRE SOUBE QUE ELES COLOCAM PROFESSORAS QUE ESTÃO AINDA SE FORMANDO PARA PAGAR MENOS QUE O ENSINO É UMA PORCARIA E TAMBÉM JÁ TIVE PROBLEMAS DE DISCRIMINAÇÃO COM UMA PRIMA QUE ESTUDOU LÁ E TEVE QUE SAIR DE TANTA IMPLICÂNCIA DA DONA ÁUREA AQUELA LOUCA.
    aCABOU GALERA O COLÉGIO ACABOU VIROU BAGUNÇA GERAL TODO ANO TEM BARRACO.

    ResponderExcluir
  14. POR ISSO QUE NÃO DEIXARAM APLICAR A PROVA BRASIL LÁ.

    ResponderExcluir
  15. Pessoas, tbm estudei nesta escola e hj sou uma profissional da área, e estudando as matérias da licenciatura vi o quão errada essa escola foi no meu tempo que pra mim, naquela época era um exemplo em educação. Defendo apenas alguns professores, entre eles o prof: Luiz Carlos. Mas também sofri constragimento. Se esta mãe está querendo ibope ou não, não sei, mas o caso foi suficiente para que esses professores (que mal estudaram didática, e eu sei o que digo)fiquem em alerta no que falam e nas pequenas atitudes...
    Alunos não são santos, mas são consequencia no que fazemos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estudar didática é lei pois é necessário que eles possuem formação profissional porém o professor estudar didática não resolve o problema de educação. O profissional necessita sim é ser ético e preparado e nós que somos professores sabemos que a teoria é teoria serve apenas para regularizar uma situação e a prática é diferente, porém a questão primordial é o pai e a mãe é a formação familiar. Agora muito me impressiona o senhor(a) afirmar que o aluno é consequência no que fazemos pois o aluno é consequência daquilo que eles recebem em casa como valores e princípios, o professor complementa e precisa ter postura mas se vier esculhambado de casa só Jesus Cristo consegue lecionar !

      Excluir
  16. Esse é império levantado pela Dona Áurea " A melhor escola de Queimados" aff, eu estudei da 1ª série do ensino fundamental até a 6ª lá, fiz supletivo no antigo colégio Brasileiro de Queimados voltei no 1º ano e ela não quis me deixar matricular porque disse que quem vem de outro colégio supletivo não é capaz de estudar na escola dela, me deu todas as notas 3 no boletim do primeiro bimestre, por ironia eu tirei 16 notas 10 e uma 9 todas foram substituídas e ainda fiquei em primeiro lugar até o fim do ano. POR FAVOR né!!! Esse colégio ninguém merece.

    ResponderExcluir
  17. Me formei nesta escola, aliás eu e meus irmãos. Mas eram outros tempos....tempos em que alunos e prfessores se respeitavam. Os alunos chamavam os professores e diretores de senhor e senhora. As professoras do antigo primário eram chamadas de "tia". Bons tempos que não voltam mais. Sei que muitos pais não sabem o que os seus filhos fazem e que as escolas andam perdidas não sabem que providênciar tomar pois hoje, tudo é crime. Só não é crime os pais não saberem o que os filhos estão fazendo. Neste colégio, alunos com menos de 15 anos passam drogas dentro da escola e os pais não sabem e se alguém disser eles não acreditam. E nem falo destes alunos que estão se descobrindo como gays e acham que na escola eles podem fazer aquilo que não fazem fora dela. Afinal são eles que "sustentam" a escola. Com isso todos estão se perdendo, principalmente a educação no Brasil. Esta é a realidade.

    ResponderExcluir
  18. BOM,MINHA FILHA ESTUDOU LÁ E DEUS ME LIVRE ERA CHACOTA DA CLASSE,COM APELIDOS HORRIVEIS.POIS ELA TEM UMA DEFICIENCIA,E FORA O ENSINO PESSIMOOOOOOOOOOO,GRAÇAS A DEUS CONSEGUI ENXERGAR ISSO A TEMPO!!!!
    ESCOLA MERDA,SO TEM NOME PQ ENSINO E ORGANIZAÇAO TA FALTANDO E MUITO!!!!!

    ResponderExcluir
  19. essa escola é uma merda.so nao matriclular ninguem que eles vao se fuder

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou professora e já lecionei em várias escolas,e posso afirmar que esses problemas são frequentes em todas elas, a diferença é que uns aparecem e outros não.O que falta é os pais procurarem manter uma relação com a escola de seu filho e procurar saber quem ele realmente é do portão da escola p dentro.Falta tb preparação da parte de algumas escolas p resolverem com coerência e cuidado tais problemas.Mente a escola que diz não ter esse tipo de problema, pois onde houver criança, adolescente e jovem ele vai existir.Peçamos a Deus que capacite e encoraje os profissionais da educação, porque na realidade, os responsáveis sempre têm do que reclamar e pouco querem oferecer, pensando ser suficiente pagar a mensalidade de uma escola e entregar a ela toda a responsabilidade de educar seus filhos.Deus nos ajude!!!!

      Excluir
  20. O problema é social, escola não forma ninguém ela é um complemento, escola informa, instrui e " apara " as arestas, a educação vem de casa e hoje vivemos uma crise moral e ética em níveis profundos; falo isso de experiência própria pois atuo a muito tempo na área de educação, sou professor de História e coordenador pedagógico de uma instituição privada de ensino, além de trabalhar no Estado e em outras instituições particulares, a escola é apenas um espelho dessa sociedade que perdeu os valores da família, o respeito, o amor, os limites e etc...
    Em relação a esse caso fica difícil um posicionamento pois não vivi a realidade específica abordada, porém já passei por problemas parecidos em relação a acusações infundadas, calúnias, pais omissos e irresponsáveis que não cumprem seus papéis de pais transformando uma geração inteira em órfãos de pais vivos, sem limites, sem carinho, sem educação, sem norte e logicamente perdidos fazendo da escola o seu espaço para colocar em prática as suas atitudes rebeldes. Existem também escolas problemáticas onde profissionais desqualificados agravam ainda mais a situação, acredito que não seja o caso dessa escola pois se assim fosse não estaria funcionando a tanto tempo, quanto ao caso de homofobia eu não acredito que uma coordenadora experiente tenha dito isso, a menina deve ter sido impedida de se matricular pois motivos relativos a sua disciplina e esse negócio da menor ser homossexual serviu como pretexto dos responsáveis que deveriam ser atuantes e presentes na educação dessa menor independente da sua conduta sexual, tanto tem fundamento que a menina ficou reprovada, é muito difícil tentar fazer uma construção em um terreno pantanoso sem alicerces; a construção é a formação intelectual do corpo discente e o terreno e o alicerce é a família que é a célula de uma sociedade, apodrecimento familiar significa apodrecimento social.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EXCELENTE COLOCAÇÃO, MUITO BEM !

      Excluir
  21. centro educacional betel nunca faria isso estudo lá é um colegio muito caro e organizado betel tem marca de educação nunca faria aluna mau tenham que ser expulso colegio betel o melhor para o seu futuro vem pulR COM A GENTE

    ResponderExcluir

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!