segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Parada GLBTS de Queimados reúne mais de 15 mil pessoas em sua 1ª edição

Por: Sergio Ricardo Silveira

Neste domingo (2), aconteceu a 1ª passeata gay do município de Queimados. O evento reuniu milhares de pessoas no centro da cidade, que pediam respeito à liberdade e diversidade sexual. Animados por três trios elétricos, o grupo GLBT (gays, lésbicas, travestis e transexuais) pedia o combate à homofobia a o respeito à diversidade sexual.



O evento começou às 13h em frente ao bar do Cezinha, no bairro do Fanchém, onde desde o início da tarde se reuniu uma multidão que acompanhou a caminhada até Praça dos Eucaliptos. Foram apresentados vários shows com a participação de vários artistas entre eles a mulher X, Grupos de funk e a dupla Pepê e Neném.



Uma multidão tomou conta das ruas do bairro do Fanchem.


O ponto alto da festa foi o discurso de Cláudio Nascimento (Superintendente da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do RJ), que anunciou estar casado com o seu companheiro e que o respeito tem que acompanhar a cidadania, pois gay também vota e tem que ter seus direitos respeitados como qualquer outro cidadão que paga seus impostos, trabalha, estuda.


Cláudio Nascimento, inflamou os participantes da passeata gay com seu discurso


Charlene Rosa, organizadora da parada gay de Caxias, também discursou e pediu ao prefeito de Queimados, respeito aos homossexuais. Chamou a atenção do público presente para a falta de banheiros públicos no evento, dizendo que em um evento como esse não se pode deixar de ter banheiros químicos, pois muitas pessoas vão acabar urinando pelas ruas, aí vão dizer que foram os gays que não souberam se comportar.



Charlene Rosa, falou da falta de banheiros químicos que a prefeitura não colocou na passeata.


Ao som do hino nacional brasileiro, foi dada a abertura oficial ao evento e a caminhada em direção à Praça dos Eucaliptos com uma multidão acompanhando os trios e muita gente saudando os participantes das janelas e varandas de suas residências.
Com a estrutura de quatro trios elétricos, sendo um deles da Furacão 2000, a festa promovida pela ALED (Associação pela Liberdade de expressão e diversidade) teve a participação dos DJ’s André Noite On e William Lavigne, que comandaram a festa ao som de muita música eletrônica e funk
.

O Momento do Hino Nacional.


Para o presidente da ALED e organizador do evento, Haroldo Well, a 1ª caminhada GLBTS de Queimados foi um sucesso, devido a ajuda da prefeitura, com ambulância, agentes da defesa civil e Secretaria de transporte além do apoio incondicional do prefeito Max lemos, do 24º BPM, da população e dos artistas que compareceram ao evento.
Pepê e Neném alegraram a multidão que lotou a Praça dos Eucaliptos.

2 comentários:

  1. Ótimas fotos! Parabéns ao fotógrafo! Texto também está muito bem elaborado e explicativo.

    ResponderExcluir
  2. Serginho, a revista Queimados está ótima!!! Sempre esqueço de fazer uma visitam mas hoje me lembrei. Você montou tudo sozinho(site)?

    ResponderExcluir

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!