segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Representantes dos municípios da Baixada Fluminense se reúnem no I Fórum de Desenvolvimento Econômico da região em Queimados

A manhã desta última segunda-feira, 23 de novembro, não serviu apenas para esquentar o clima de Queimados com as comemorações dos seus 19 anos, mas também para alavancar o ambiente de negócios da região. O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços, Júlio Bueno, o prefeito de Queimados, Max Lemos, o de Seropédica, Darci dos Anjos, secretários municipais da Baixada Fluminense, empresários e diretores de diversas entidades ligadas à área de desenvolvimento econômico do Rio de Janeiro estiveram no encontro onde apresentaram e discutiram oportunidades para o setor.
O fórum teve como objetivo principal disponibilizar aos empresários e órgãos governamentais presentes as diversas ofertas de auxílio e fomento das instituições diretamente ligadas ao desenvolvimento econômico regional. Entidades como a Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro (Codin), Agência de Fomento do Estado (Invest Rio), Junta Comercial (Jucerja), Instituto de Pesos e Medidas (IPEM-RJ), Departamento de Recursos Minerais (DRM-RJ), Associação das Empresas do Distrito Industrial de Queimados (ASDINQ) e Sebrae-RJ.
O prefeito de Queimados, Max Lemos, aponta a Baixada Fluminense como grande celeiro de empresários com visão para o futuro, mão de obra abundante, além da grande parceria com o Governo do Estado. “Eventos como este servem para buscar o desenvolvimento de verdade e aproximar os municípios da Baixada do grande Centro do Rio”, destacou Lemos.
Para o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços, Júlio Bueno, apesar de ser o terceiro menor estado em extensão, o Rio de Janeiro possui o segundo maior Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e uma força admirável de mercado interno. “Estamos injetando otimismo com base na realidade. O Rio de Janeiro e, principalmente, a Baixada Fluminense possuem uma enorme possibilidade e dinâmica para o desenvolvimento. Não são dados da secretaria e sim da Firjan que apontam estes índices”, enfatizou o secretário.
Na ocasião, Max Lemos, recebeu o prêmio de Prefeito Empreendedor do Sebrae-RJ por Queimados ser a primeira cidade do Rio de Janeiro a aprovar, sancionar e se enquadrar na Lei do Microempreendedor Individual (MEI) em todo o Estado.
Fonte: Assessoria de Comunicação/PMQ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!