terça-feira, 17 de novembro de 2009

Queimados sedia abertura do Rio-São Paulo de showbol




Torneio Rio-São Paulo de Showbol
17/11 - TER - 21h - Em Queimados (RJ)
VASCO X FLUMINENSE
Transmissão ao vivo do Sportv

Na próxima terça começa o III Torneio Rio-São Paulo de showbol. Como nos dois anos anteriores, participam as 4 grandes equipes de São Paulo e as 4 grandes equipes do Rio de Janeiro. A fórmula será a mesma com dois grupos de 4 equipes, classificando duas equipes de cada grupo para as semifinais. A diferença está na composição dos grupo. Desta vez, os paulistas jogam entre si, e os cariocas entre si. Por enquanto, a hegemonia no Rio-São Paulo está com os times paulistas. Corinthians conquistou em 2007 e Santos em 2008. O Palmeiras quer chegar a final novamente. E o São Paulo quer se classificar pela primeira vez. Os paulistas prometem.

O Rio-São Paulo que começa na próxima terça terá 15 jogos no total, sendo 12 na primeira fase. Diferente dos outros dois anos, só jogam no mesmo grupo, portanto diminuindo 4 jogos do total. Mas será distribuidos em 10 cidades diferentes. Em São Paulo, o showbol vai acontecer em Tatuí, Osasco, Jandira, Diadema e Sorocaba. No Rio de Janeiro os jogos vão acontecer em Queimados, Duque de Caxias, Casemiro de Abreu, Petrópolis e Volta Redonda que sediará também as semifinais e a final marcada para o dia 20 de dezembro.

Desta vez vence um clube carioca? O Flamengo consegue repetir o feito do Brasileiro? Botafogo e Fluminense conseguirão chegar pela primeira numa final. Ou o Vasco de Edmundo vai surpreender e se classificar pela primeira vez.

O I Rio-São Paulo 2007 foi a primeira competição oficial de showbol no Brasil. Foram marcados 281 gols em 19 jogos, com média de 14,7 gols por jogo. Na final em Guarulhos, o Corinthians venceu o Palmeiras por 10 a 8. Fluminense e Botafogo foram os outros semifinalistas. Jean Carlo do Palmeiras e Donizete Pantera do Botafogo, com 14 gols casa, foram os artilheiros da competição. Paulo Sérgio do Corinthians foi eleito o melhor jogador, e Betinho Vieira do Palmeiras o melhor goleiro. A competição foi disputada em duas cidades. Guarulhos na grande São Paulo e Macaé, no litoral norte fluminense.

No II Rio-São Paulo, a média de gols caiu. Foram marcados 231 gols em 19 jogos, média de 12,1 gols por jogo. As equipes se reforçaram e houve maior equilibrio. Quem desequilibrou foi Djalminha do Flamengo. Ele disparou na artilharia. Marcou 18 gols, 8 a mais que Sorato do Vasco. Djalminha também levou o troféu de melhor jogador. Joel Reis do Santos, levou o troféu de melhor goleiro. Santos venceu o Flamengo por 8 a 7 na final realizada em Praia Grande, litoral paulista. Corinthians e Botafogo foram os outros semifinalistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!