segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Fluminense derrota o Sport no Recife e se fortalece na luta contra a queda


Após nova vitória em sequência incrível, Tricolor ganha fôlego e deixará o Z-4 do Brasileirão se ganhar na próxima rodada
Ampliar Foto O Globo
Kieza e Fred comemoram gol do Fluminense

O Fluminense ganhou um jogo fundamental em sua luta contra o descenso no Campeonato Brasileiro. O time carioca derrotou o já rebaixado Sport por 3 a 0 neste domingo, na Ilha do Retiro, e só depende de seus próprios resultados para permanecer na Série A em 2010. Os gols foram marcados por Zé Antonio (contra), Fred e Conca.

Esta foi a oitava vitória consecutiva do Tricolor (cinco na competição nacional e três na Copa Sul-Americana). A equipe agora tem 42 pontos, mas ainda está no Z-4, pois o Botafogo derrotou o São Paulo por 3 a 2 no Engenhão, com um gol nos minutos finais. O Rubro-Negro, que apenas cumpriu tabela, se manteve com 31.

Na penúltima rodada, o Sport joga em casa de novo, desta vez contra o Internacional, enquanto o Fluminense recebe o Vitória. Os dois jogos serão no domingo, às 17h (de Brasília) e o clube das Laranjeiras pode deixar o Z-4 em caso de triunfo, já que a tabela prevê o duelo Atlético-PR x Botafogo, ambos atualmente com 44 pontos.

Antes, porém, o time do Rio faz a primeira partida da final da Copa Sul-Americana. O jogo de ida contra LDU será nesta quarta-feira, às 21h50m (de Brasília), na altitude de Quito.

Sport joga sério e Flu só aperta no fim da primeira etapa

O jogo começou morno, apesar da provocação entre as torcidas, com gritos de segunda divisão do dois lados. Com apenas dez minutos, o Sport perdeu o meia Adriano Pimenta, machucado. Isael entrou em seu lugar e teve a primeira boa chance do duelo, aos 13 minutos. Após receber passe de Dutra na entrada da área, ele chutou rasteiro à esquerda do gol de Rafael.

O Fluminense, que viajou desfalcado de Digão, Diguinho e Maicon (Cássio, Maurício e Alan iniciaram como titulares), errava muitos passes e encontrava dificuldades para criar jogadas ofensivas. Enquanto isso, o time da casa mantinha a seriedade na partida e tomava as iniciativas ofensivas, mesmo não tendo mais qualquer pretensão no torneio. Aos 29, Wilson chegou à linha de fundo pela esquerda e Gum cortou de forma providencial, evitando a finalização de Arce.

O Tricolor só foi ameaçar o goleiro Cléber aos 36 minutos, quando Dieguinho apareceu de surpresa no lado direito da área e foi travado na hora do chute. Logo depois, Conca arriscou de fora da área, mas mandou por cima do gol.

Nos minutos finais, o Flu começou a pressionar um pouco mais e criou outras duas boas chances. Mariano recebeu ótimo passe de Conca aos 42, mas preferiu o cruzamento ao chute e perdeu a oportunidade de abrir o placar. Em seguida, Cléber impediu o gol de Dieguinho, fechando bem o ângulo no momento da conclusão.

Flu marca três vezes e Sport tem dois expulsos

No começo do segundo tempo, o Fluminense teve a chance de abrir o placar logo no primeiro minuto. Mas o goleiro Cléber apareceu muito bem no chute cruzado de Maurício e salvou também o rebote, concluído por Conca. A resposta do Sport veio aos seis, quando Isael se livrou da marcação de Diogo e chutou por cima.

O Flu teve dois momentos seguidos de preocupação. Diogo saiu machucado aos dez e deu lugar a Urrutia. Aos 12, Isael tropeçou na bola na hora do chute e por pouco não abriu o placar para o Leão.

Como o Flu pouco atacava, Cuca resolveu fazer outra mudança no time e pôs Kieza na vaga de Alan, aos 15. Aos 17, Moacir fez falta em Dieguinho e, como já tinha cartão amarelo, acabou sendo expulso, fazendo a equipe visitante crescer na partida.

Os espaços apareceram e Fred quase abriu o placar aos 20, concluindo passe de Dieguinho. Cléber fez boa defesa no chute do centroavante. Porém, na sequência, o goleiro nada pôde fazer quando Zé Antônio desviou cruzamento de Maurício: gol contra.

Com um a mais, o Fluminense ampliou o marcador em um contra-ataque. Conca arrancou pelo meio e, na saída de Cléber, rolou para Fred fazer seu 11º gol em 12 jogos após retornar de lesão.

Cuca ainda mexeu mais uma vez no Tricolor, botando Equi Gonzalez na vaga de Maurício. Perdido em campo, o Sport teve outro jogador expulso. Ciro deixou o campo mais cedo por falta em Kieza, aos 35. Com dois a mais, o Flu passou a administrar o resultado e ainda fez o terceiro aos 41. Kieza deu passe preciso para Conca, que invadiu a área e bateu cruzado, sacramentando a vitória tricolor.
Fonte: Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!