terça-feira, 6 de outubro de 2009

CÂMARA VOTA EMENDA SOBRE OBRIGATORIEDADE DE DIPLOMA JORNALÍSTICO

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 386/09 deverá ser votada na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira, dia 7 de outubro. A diretoria da FENAJ e o Gruo de Trabalho da Coordenação da Campanha em Defesa da Profissão e do Diploma pedem empenho dos apoiadores do movimento para sensibilizar os membros da CCJC pela aprovação da proposta.
O debate em torno do tema no Congresso Nacional prossegue intenso. No dia 29 de setembro a Frente Parlamentar em Defesa do Diploma voltou a se reunir. E decidiu priorizar o trabalho para colocar em votação na Comissão de Constituição, Justiça e de Cidadania (CCJC), nesta semana, o relatório elaborado pelo deputado Maurício Rands (PT-PE), sobre a Proposta de Emenda à Constituição 386/09, do deputado. Paulo Pimenta (PT/RS), que torna obrigatório o diploma de jornalismo. Já naquele momento o presidente da CCJ, deputado Tadeu Filippelli (PMDB-DF), havia firmado o compromisso de colocar a matéria na pauta da Comissão tão logo o relatório estivesse pronto.
“Estamos batalhando para aprovar essa PEC, porque ela é a proposta que está mais adiantada na Casa. Sendo aprovada na CCJ, o presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB-SP), irá instalar a comissão especial para analisar a matéria", disse a presidente da Frente Parlamentar, Rebecca Garcia (PP/AM). O relatório de Maurício Rands foi apresentado na semana passada.
Mobilização pela aprovação
Esta semana começou com um apelo da FENAJ e do GT Coordenação da Campanha em Defesa do Diploma às entidades integrantes do movimento. A ideia é que sejam feitos contatos e enviadas mensagens de sensibilização aos membros da CCJC da Câmara pela aprovação da matéria. Tais contatos já estão ocorrendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!