domingo, 1 de novembro de 2009

Mengão vence e entra no G-4 em noite de Bruno e Adriano

O Flamengo vence o Santos no Maracanã, na tarde desse sábado por 1 a 0, gol de Adriano, mas tem o goleiro Bruno como seu principal jogador na partida. Bruno defendeu dois pênaltis, um no primeiro tempo e outro no segundo, cobrados pelo santista Paulo Henrique Ganso. Com o resultado, a equipe rubro-negra chega provisoriamente ao G-4 e, amanhã, torce contra Inter, Palmeiras e Cruzeiro para se manter como terceiro colocado do Brasileirão.


O gol da vitória foi marcado pelo imperador Adriano, aos 7 minutos do primeiro tempo, após cabecear, com precisão, um cruzamento de Léo Moura pela direita. Os mais de 80 mil flamenguistas que estavam presentes tomaram um susto quando Willians puxou Adaíton na área e o árbitro Nielson Dias marcou pênalti contra o Flamengo. Paulo Henrique Ganso bate no lado esquerdo de Bruno que defende sem dar rebote.
No segundo tempo, o Flamengo voltou mais recuado e viu o time paulista dominar o jogo. Apesar disso, em dois contra- ataques, Adriano quase faz o segundo( num deles o imperador acertou a trave). Quando o Flamengo parecia querer dominar o jogo, o árbitro viu outro pênalti, dessa vez de Álvaro em André. Ganso bateu de novo e mais uma vez Bruno defendeu, agora salvando com os pés. O Santos seguiu pressionando mais não teve competência para empatar o jogo. No final do jogo a torcida do Flamengo cantou aliviada e festejou a entrada do Mengão na zona de classificação para a libertadores-2010.
Na sala de imprensa, o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Brás, chamou o árbitro Nielson Dias de Canalha e insinuou uma armação contra o Flamengo nessa reta final do Brasileirão. Já Andrade, treinador do time carioca, disse que têm acontecidos “coisas estranhas” nos jogos do Flamengo e deixou no ar um clima de desconfiança.

Por Leandro Machado Cardoso, direto do Maracanã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Revista Queimados é o maior veículo de comunicação da cidade!!!