segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Protesto continua: Três policiais são presos neste domingo

Redação - E os protestos em frente ao 24° Batalhão da Polícia Militar (Queimados) continuam. Dezenas de familiares de policiais militares ainda estão acampandos na entrada da unidade desde a meia noite da última sexta-feira e, segundo os próprios manifestantes, sem previsão para a desocupação. No último sábado, até o comandante do batalhão, Ten. Cel. Souza, foi impedido de entrar na unidade. Mesmo assim, há policiamento na cidade. Os agentes estão fazendo a rendição em locais estratégicos. 

A Revista Queimados apurou que mais três policiais foram presos neste domingo (12). Segundo informações, a viatura que fazia patrulhamento no bairro São Miguel foi abordada por manifestantes e os agentes coagidos a voltarem para o batalhão. Com isso, o 3º SGT Reginaldo Barboza Peixoto, o 3º SGT Vagner Marcos da Cruz e o Subtente Inácio Oliveira de Souza foram presos por dois artigos do código penal militar: Deixar o militar de desempenhar a missão que lhe foi confiada (detenção, de três meses a um ano) e Desobedecer a ordem legal de autoridade militar (Detenção de até seis meses). Eles foram encaminhados ao batalhão prisional da PM. 

Manifestantes desistem de reunião com o comando do 24°

O comando do 24° BPM havia marcado uma reunião para iniciar o diálogo com os manifestantes que acampam na entrada do batalhão desde a última sexta. O encontro estava marcado para a tarde do último sábado, mas os representantes das famílias dos policiais resolveram não comparecer, pois acharam que o intuito era enfraquecer a "barreira humana" instalada em frente à corporação.





sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Dois PMS teriam sido presos administrativamente por desobedecerem a ordem de comandante

Redação - Rio. O clima continua tenso em frente ao 24º BPM (Queimados). De acordo com familiares dos policiais militares que ocupam a frente do local desde a madrugada como forma de protesto por melhores condições de trabalho, dois soldados da unidade teriam sido presos administrativamente, após desobedecerem a ordem do comandante da unidade, o Ten. Cel.  André Santos Souza e terem retornado ao batalhão com a viatura, impendido assim a rendição de uma nova equipe.

Ainda segundo relatos dos familiares dos PMs acampados em frente ao batalhão, a ordem do comandante, era para que todos os policiais que estivessem em prontidão nas ruas permanecessem baseados nos locais de origem, até que fosse feita a rendição da equipe. Como descumpriram a ordem, os PMs teriam sido punidos administrativamente.

Os familiares disseram ainda que o transporte dos policiais estaria sendo feito por um gol prata e um palio weekend cinza. “Os PMs estão tendo que pular o muro dos fundos do batalhão para poder trabalhar”, acusou uma familiar que preferiu não se identificar com medo de sofrer represálias.

Um vídeo que circula nos grupos das redes sociais, mostra que os familiares colocaram uma escada de madeira e cadeiras de praia em frente a unidade, impedindo assim a entrada e saída de viaturas. “Não entra mais ninguém, nem rendição, nem nada. Essa é a escada da vergonha”, protestou uma familiar no vídeo.

Além do atraso no 13º salário e não pagamento do RAS Olímpico, os familiares também se queixam das más condições de trabalho dos policiais, que muitas vezes não têm armamento ou equipamentos adequados para o trabalho. Apesar do clima tenso, o policiamento segue normal na cidade.


Procurada, a Polícia Militar, ainda não se pronunciou sobre o assunto. Já o comandante do 24º BPM, Ten. Cel.  Souza, não retornou as nossas ligações.

video

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Prefeitura divulga calendário oficial de blocos

A partir do próximo sábado, 25 agremiações independentes começam a animar os Festejos de Momo na cidade. Prefeitura dará apoio logístico aos eventos

Redação - Rio. Ó, abre alas, que a maior festa popular do mundo, o Carnaval, vai pedir passagem nas ruas, praças e casas de shows do município Queimados, na Baixada Fluminense. Muitas águas vão rolar e quem ditará o ritmo da folia sem deixar faltar, claro, as tradicionais marchinhas, os confetes e as serpentinas, serão 25 blocos independentes da cidade. As comemorações se iniciam já no próximo sábado (11), com o desfile do bloco “As Mais Doces”, a partir das 17h, na piscina do Queimados FC, com entrada franca e vão até o dia 28. As atividades contam com o apoio da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Cultura.

Animação não vai faltar aos foliões. E haja disposição, afinal, serão 17 dias de muita alegria e animação. O prefeito Carlos Vilela acena para o fortalecimento de uma tradicional manifestação cultural que são as apresentações dos blocos carnavalescos independentes nos bairros. “A Prefeitura dará apoio logístico aos blocos, que trazem uma cultura centenária”, destacou.  

O apoio aos blocos carnavalescos, como, por exemplo, a disponibilização de banheiros químicos, será concedido através de parceria com a iniciativa privada. De acordo com o secretário municipal de Cultura, Marcelo Lessa, “as polícias Militar e Civil garantirão a segurança dos blocos e todos os órgãos municipais vão estar de plantão para oferecer serviços, como a organização do trânsito e atendimentos de saúde”, destacou.

Nomes criativos dos blocos despertam a atenção

Na hora da cair na gandaia, os foliões não economizam na criatividade. Mas além das fantasias, alegorias e adereços, as festas tradicionais chamam a atenção pelos nomes engraçados dos blocos. “Gato Mole”, “Peteleco na Mijona”, “Boi que Mia” e “Entorna, mas não derrama” são alguns dos diversos dos títulos inusitados.  

João Alves é o organizador do Bloco Gato Mole, que vai se apresentar no dia 28 de fevereiro, na terça-feira de Carnaval. Ele afirma que o nome foi escolhido após surgir uma brincadeira sobre o desempenho sexual de um amigo: “Não teve nada programado. Após, um rapaz afirmar um péssimo desempenho na “hora h”, começamos a chamá-lo de gato mole, aí o nome pegou”, disse o rapaz sem revelar a identidade do “amigo”.

Blocos terão que cumprir regras

Para quem já está se preparando para cair na folia é bom saber que as autoridades estarão de olho em quem passar do ponto. Em reunião realizada na última terça-feira (7) com os responsáveis pelos blocos, o comandante do 24° BPM (Queimados), Ten. Cel. André Santos Souza, os secretários de Cultura, Marcelo Lessa; de Transporte e Trânsito, Antônio Almeida; de Segurança e Ordem Pública, Elias José, e representantes do Conselho Tutelar, passaram as regras a serem cumpridas.

No encontro também ficou decidido que é proibida a execução de funk durante as atividades dos blocos. A folia também terá hora determinada para acabar. A meia-noite o som deverá ser desligado pelos organizadores para que a multidão se disperse. A partir da 1h manhã, todo o trânsito já deverá está livre. “A Polícia está ao lado do povo e vamos zelar pela ordem no Carnaval, mas todos devem cumprir o que foi acordado antecipadamente", destacou o Ten. Cel. Souza.

Para os adeptos da marchinha “Eu vou beber até cair”, é bom saber que fazer xixi em local público é proibido. Em cada bloco haverá banheiros químicos disponíveis aos foliões e quem for flagrado desobedecendo a essa regra, pode parar na delegacia. Os pais de crianças e adolescentes e os vendedores também devem ficar atentos, pois a PM e o Conselho Tutelar irão fiscalizar a venda e o consumo de bebidas alcoólicas a menores de idade.

Calendário completo dos blocos:

11/2 – Bloco das mais doces (17h) – Piscina do Queimados FC

18/2 – Concentra, mas não sai (17h) – Av. Olímpia Silva

18/2 – Bloco Art-Samba (19h) – Estr. Olegário Dias, S. Miguel

18/2- Bloco da Barbadia (19h) – Rua Araruama, São Roque

18/2- Bloco das Mulheres Ricas (19h) – Av. Camarim, Centro

19/2 – Bloco “Carna Pedal” (9h) – Praça dos Eucaliptos - Centro

19/2- Bloco das Cracudas (12h) – Salão Lambamba, São Roque

19/2-  Eu sou Petiskeiro (15h) – R. Paulo Moura, Glória

23/2 – Bloco do Sarcófago (21h) – Av. Camarim, Centro

24/2 –Do Inconfidência (19h) – Av. Tiradentes, Inconfidência

24/2 – Carnaval Bella (16h) – R. Alcindo Bulhões, Centro

25/2 – Turma do Clóvis Atração (15h) - Queimados FC

25/2 – Piranhas da Carlos Sampaio (17h) - Sítio Meu Bem

25/2 –Miga, sua loca (15h)- R. Divino Alcides, 06, V. Camarim

26/2- Entorna, mas não derrama (13h)- R. Horácio, Cantão

26/2- Boi que mia (14h)- Sítio Kakareco

26/2 – Motivo pra beber (12h) – Rua N, Fanchen

26/2- Bloco do Futcharme (14h) – Rua Angelina Figueira

26/2 -Amigos do Paraíso (13h) – R. Amaro Cavalcante, Paraiso

26/2 – Bloco do Boi (13h) – R. Ruy Chagas

27/2 – Flor da Vila (14h) – Quadra do Vila Americana

28/2- Bloco do Pica Pau (15h) – Est. Do Lazareto, Centro

28/2- Bloco do Gato Mole (9h) – Av. Camarim, Centro

28/2- Bloco Deixa Arder (12h) – R. Nilópolis, S. Roque

28/2-  Peteleco na Mijona (13h) - R. Santa Rita, Centro

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Crescimento para comemorar


Número de atendimentos nos Centros de Referência de Assistência Social de Queimados aumenta 13,5% em 2016

Atendimento nos Centros de Referência de Assistência Social
Leandro Machado - A Secretaria de Assistência Social de Queimados, na Baixada Fluminense, divulgou nesta quarta (8) os dados consolidados de atendimentos dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) em 2016 no município. E o resultado foi positivo. Os números mostram um aumento de 13,5% em relação ao ano anterior e apresenta um avanço significativo dos serviços oferecidos pelos aparelhos públicos para a população. As informações se comparam com o levantamento realizado em 2015.

Em números totalizados, mais de 24 mil pessoas procuraram as oito unidades especializadas espalhadas pelo município para receberem algum tipo de serviço disponível no ano passado. Além de novos cadastros e atendimentos continuados, as equipes realizaram visitas domiciliares, encaminhamentos, reuniões socioeducativas, inclusão no CadÚnico, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), além de orientações e esclarecimentos.

E os bons números são resultados de uma política social séria e austera. A efetivação, através de concurso público, de profissionais para oferecer um serviço contínuo à população é um dos motivos para o crescimento nos atendimentos. A partir do segundo semestre de 2015, a Prefeitura chamou 40 concursados entre assistentes sociais, psicólogos e agentes administrativos. Com isso, a população teve um acompanhamento profissional e diferenciado, aumentando assim a confiança e a relação entre o poder público e a sociedade.

Secretário Elton Teixeira
O secretário municipal de Assistência Social, Elton Teixeira, comemorou o avanço e destacou que a tendência é que os números sejam melhores em 2017, afinal, o município tem levado a sério as políticas públicas, intensificando as referentes à assistência social: “Certamente nós iremos ampliar a atendimento, por causa da integração da rede de proteção social. O município restituiu recentemente a coordenadoria de políticas sociais e vai nos ajudar bastante neste contexto”, afirmou.

Atualmente, existem nos dados da secretaria de Assistência Social, mais de 28 mil pessoas cadastradas. O município tem oito Centros de Referência de Assistência Social: Nos bairros Novo Eldorado, Parque Santiago, Inconfidência, São Jorge, São Roque, Jardim da Fonte, Nova Cidade e Glória.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Para organizar o espaço público e colocar ordem na casa


Prefeitura de Queimados realizará operações em ponto de encontro de moradores. Comércio terá horário para utilizar mesas e cadeiras nas calçadas 


Quem passar pela Praça das Palmeiras na próxima sexta-feira (10) vai presenciar a ação “Choque de Ordem”, promovida pela Prefeitura de Queimados, através da Secretaria de Segurança e Ordem Pública. Agentes municipais vão circular pelo local para coibir irregularidades, como: o uso de bebida alcoólica por menores, a venda e o descarte inadequado de garrafas de vidro, a atuação de ambulantes, o estacionamento em locais proibidos, entre outras ações em um dos principais locais de encontro entre os moradores aos fins de semana. A ação terá início a partir das 9h e se estenderá pela madrugada. 

A iniciativa, que foi idealizada de forma conjunta entre a Secretaria Municipal de Segurança e Ordem Pública, a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito e o 24º Batalhão da Polícia Militar, teve o primeiro teste na última sexta-feira, quando foi feito um trabalho piloto, que contou com o apoio do Conselho Tutelar, do Corpo de Bombeiros e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. 

De acordo com o secretário de Segurança e Ordem Pública, Elias José, o trabalho acontecerá por tempo indeterminado e deverá ser ampliado em breve para outras áreas da cidade.  “Vinha ocorrendo uma aglomeração aqui de quase  mil pessoas, muitas delas menores. Com isso, era comum haver venda irregular de bebida alcoólica e drogas. Outra questão problemática é relativa às garrafas de vidro, que podem ser jogadas pra cima ou na multidão, causando ferimentos”, afirmou.

Horário estipulado para utilização das calçadas e dois metros livres

Além da fiscalização, a ação serviu ainda para orientar os comerciantes da região sobre a nova determinação da prefeitura, que estipula horários específicos para os bares colocarem mesas e cadeiras nas calçadas, e a liberação de um espaço de dois metros para o trânsito público. “Os estabelecimentos podem acomodar clientes em mesas e cadeiras nas calçadas entre 18h e 5h, desde que haja deixem 2 metros para a livre passagem de pedestres. Essa medida visa a segurança de todos e evita acidentes nos dias de maior movimento”, declarou Elias José.

Ainda segundo o gestor, neste primeiro momento o Choque de Ordem prezará por orientar e notificar os comerciantes para que regularizem suas situações, a fim de garantir o lazer dos moradores sem nenhuma irregularidade. As novas medidas foram publicadas no Diário Oficial do município do dia 3 de fevereiro.

Ainda é tempo de praticar esportes e se divertir

 Prefeitura de Queimados está com inscrições abertas para projeto que oferece atividades recreativas gratuitas para crianças e adolescentes

Redação - O ano letivo começou na última segunda-feira (6) na rede municipal de ensino de Queimados, mas o clima ainda é de colônia de férias para os integrantes da iniciativa “Brincando com o Esporte”, que está fazendo a cabeça da garotada da cidade. Resultado de uma parceria entre o Ministério do Esporte, a UFF (Universidade Federal Fluminense) e a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, o projeto promove - além da prática esportiva - oficinas de dança, capoeira, teatro e pintura de forma gratuita para crianças com idade entre 6 e 16 anos.

São três núcleos (Vila Olímpica, Praça Dona Branca e Centro de Artes e Esportes Unificado do bairro São Roque) que funcionam de segunda a sexta-feira, entre 9h e 16h. Segundo a Secretária de Esporte e Lazer, Isabelle Ferrão, os núcleos contam com uma equipe capaz de atender cerca de 100 crianças cada no contraturno escolar, ou seja, no período oposto ao da grade regular de ensino.

“Ainda temos muitas vagas, tanto no turno da manhã quanto no da tarde. Além de se divertir e aprender coisas novas, as crianças recebem lanche, uniforme e um kit composto por mochila, garrafinha e boné. Muita diversão vai rolar durante as três semanas de projeto”, afirmou a gestora.

Fotos: LUIZ ABRÓSIO
Para se inscrever no projeto, a criança precisa estar acompanhada do responsável, que deve portar identidade ou certidão de nascimento (documentos originais tanto do aluno como do responsável) e comprovante de residência. As inscrições ocorrem nos três núcleos, entre 9h e 12h e 13h e 16h.

Endereços:

Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU) - Rua Macaé, 430 , bairro São Roque
Praça Dona Branca - Rua Coringa, bairro Vila Dona Branca
Vila Olímpica - Av. Maracanã, s/nº, bairro Pacaembu