quinta-feira, 6 de julho de 2017

Policiais do PROEIS impedem assalto no Centro de Queimados


Redação - A parceria da Secretaria municipal de Segurança e Ordem Pública com a Polícia Militar, através do PROEIS  (Programa Estadual de Integração na Segurança), impediu um assalto no Centro de Queimados, na noite desta segunda (5). Enquanto patrulhavam na Avenida Eloy Teixeira, o Sargento Nunes, o Cabo Paulo César e o soldado Canto perceberam que um assalto estava em curso.

Um menor em porte de uma arma assaltou uma senhora e uma adolescente e fugiu com o celular das vítimas. Após perseguição a pé, os policiais conseguiram  apreender o menor que portava uma garrucha (arma antiga) em um estacionamento no Centro. 

O menor foi levado à 55 DP (Queimados) e foi autuado. Por telefone, o pai do menor apreendido disse que não iria até à delegacia. O celular foi devolvido às vítimas. 

PM e Ministério Público fazem megaoperação no Rio. Queimados e Japeri são alvos

Rio - A Polícia Militar, o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) e a Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap) realizam, na manhã desta quinta-feira, uma megaoperação em 16 comunidades da capital, Baixada Fluminense e Região Metropolitana. Denominada de Operação Estado Paralelo, a ação tem o objetivo de combater o tráfico de drogas. As equipes estão no Morro dos Prazeres, na Vila Cruzeiro, no Parque União e no Complexo do Chapadão, além das unidades prisionais em Gericinó e Japeri. Agentes também estão em Queimados fazendo diligências. 

De acordo com a corporação, as equipes vão cumprir 31 mandados de prisão e 130 de busca e apreensão nesta manhã. Do total, 12 mandados são para aqueles que já estão presos, mas ainda continuam trabalhando para o tráfico de drogas com o uso de celulares nas cadeias.

Entre os denunciados estão o chefe da organização criminosa, Ipojucan Soares de Andrade, também conhecido como Coroa ou JJ, que está preso desde 2015, e seu filho adotivo, Silvio Cesar de Jesus Esteves, o Silvinho. Marcelo da Silva Guilherme, o Marcelinho dos Prazeres, também está na lista. Preso desde 2013, ele assumiu o comando da quadrilha na região enquanto Coroa estava no Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) e sem comunicação por telefone.

Segundo o MP, Marcelo manteve o controle do tráfico no Morro dos Prazes e, recentemente, o controle da organização passou a ser exercido do interior do presidio, por Robson Luiz Ferreira Mesquita, conhecido como 22 e também denunciado pelo órgão.

O Gaeco também obteve medidas cautelares de busca e apreensão nas casas e veículos de 17 PMs. Os agentes também vão verificar os armários dos batalhões e Destacamentos de Policiamento Ostensivo (DPOs) em que os militares são lotados. A denúncia do MP mostra que esses policiais receberiam propina para não reprimir o tráfico de drogas nas comunidades de Engenheiro Pedreira e Japeri. Até o momento, ainda não foi divulgado um balanço da operação.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Jovem é morto em lava-jato em Queimados

Redação- Mais um jovem foi assassinado em Queimados e entra para a estatística de homicídio doloso. Anderson Ferreira (24) foi alvejado por diversos tiros na tarde deste domingo (25) no Bairro São Miguel, por quatro homens armados e encapuzados que chegaram num carro não identificado. 

O crime aconteceu num lava-jato, onde o jovem trabalhava diariamente. De acordo com informações, o jovem morava em Realengo e estava trabalhando em Queimados há pouco tempo. 

A DHBF (Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense) investiga o caso. 

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Instituto de Previdência de Queimados encerra recadastramento com 100% de servidores alcançados

Autarquia realizou a regularização de 345 aposentados e pensionistas em dois meses

Leandro Machado - Após mais de dois meses de muito trabalho, o objetivo foi alcançado. O recadastramento realizado pelo PREVIQUEIMADOS (Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Queimados) foi encerrado nesta semana e alcançou 100% dos aposentados e pensionistas ligados à autarquia.  Dos 345 servidores, 316 fizeram a regularização de forma presencial, 22 atendimentos foram por via eletrônica e sete pessoas realizaram o recadastramento domiciliar. 

Com o sucesso na realização do recadastramento anual realizado pelo órgão, nenhum servidor teve seu benefício suspenso. O recadastramento teve início em abril e em maio houve uma prorrogação do serviço.

O recadastramento anual é para manter os dados dos servidores atualizados e uma ferramenta eficaz para evitar fraudes. O Diretor-Presidente do PREVIQUEIMADOS, Marcelo Fernades, comemorou o resultado obtido e destacou a necessidade da realização da atualização periodicamente: “Alcançamos mais uma vez o nosso objetivo e quem tem a ganhar é o próprio servidor. Mantemos uma gestão austera que prioriza a transparência e o compromisso com os nossos beneficiários”, destacou. 

O diferencial é a forma humanizada que o servidor é tratado pela autarquia. Dentre os aposentados e pensionistas existem aqueles que não podem se locomover por causa de idade avançada ou doenças. E para que este beneficiário não fique prejudicado, uma equipe do PREVIQUEIMADOS agenda uma visita domiciliar para realizar o recadastro: “Este ano foram sete pessoas que precisaram de visitas em casa. São pessoas que já trabalharam muito por nosso município e que hoje, infelizmente, por um motivo ou outro, não podem mais se locomover. Eles se sentem prestigiados”, concluiu Fernandes.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Taça Resgate chega à reta final com muita emoção

H Estrela é líder com 100% de aproveitamento na competição
Redação - Faltam duas rodadas para o término da fase de classificação da Taça Resgate- 2017 e a competição promete muita emoção até o fim. São quatro vagas para as semifinais e apenas o H Estrela, líder invicto da competição, tem classificação garantida. Para as três restantes, seis times lutam diretamente (Funkeiros, Rio D’ouro, São Miguel, Só Sete e Rua da Lama). Três times estão eliminados e não vão disputar os jogos finais: Sumatra, Oriente e Santos Dumont. O Vem com Vinte não tem mais chances de classificação.

Apenas dois jogos fecham a oitava rodada no próximo sábado (24): Funkeiros e Rua da Lama, no Pinta e Borda, às 9h, e a partida entre H Estrela e Só Sete, no Oriente, às 10h.

Três times garantirão a vitória mesmo sem entrar em campo: Rio D’ouro, Vem com vinte e Rua da Lama, pois a tabela marcava confrontos contra as equipes que desistiram.

O segundo time a garantir a classificação pode ser o Rua da Lama se vencer sua partida contra o Funkeiros, chegando assim aos 17 pontos e alcançando, no mínimo, a quarta colocação. O artilheiro da competição até agora é Pokémon, do Só Sete, com cinco gols.

Com isso, a tabela já computados os pontos dos times desistentes é a seguinte:

1- H ESTRELA - 21
2- RIO D'OURO - 15
3- SÃO MIGUEL - 15
4- RUA DA LAMA - 14
5- FUNKEIROS - 13
6- SÓ SETE - 12
7- VEM COM VINTE - 11 

Chances de cada um

H estrela - Classificado
Rio D'ouro - Para continuar na briga pelo bi campeonato, precisa vencer a última partida em casa contra o São Miguel. Se empatar ou perder vai depender de outros resultados.
São Miguel - Precisa vencer a última partida fora contra o Rio D'ouro. Se empatar ou perder vai depender de outros resultados.
Rua da Lama- Se vencer o Funkeiros se classifica antecipadamente. Se perder está eliminado.
Funkeiros- Precisa de uma vitória e um empate nos dois últimos jogos.


Inscrições abertas para a Copa Claudio Bellar

A Revista Queimados vai organizar uma grande competição de futebol amador na cidade. A Copa Claudio Bellar será realizada a partir de agosto e vai reunir 12 times em busca do título e de três mil reais para o campeão. Serão seis times do lado norte (Praça dos Eucaliptos) e seis times do lado Sul (Dutra).

A grande novidade será a volta das seleções norte e sul. Uma equipe técnica irá, ao fim do campeonato, convocar as seleções com os melhores de cada lado para uma grande partida, revivendo os grandes tempos do futebol amador na cidade.

A competição será organizada pela Revista Queimados com cobertura do Jorna Hoje e o site Papo Esportivo.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Queimados vai ganhar cemitério ecológico

Jardim Envida Rio está com obras avançadas  e contará com sistema especial de captação de água e energia solar  

Felipe Carvalho - Rio. A pétala de flor que começa a ganhar forma na região central do terreno de 32 mil metros quadrados localizado na Estrada dos Caramujos, em Queimados, indica a preocupação do Cemitério Jardim Envida Rio com o Meio Ambiente. O empreendimento, o segundo do segmento na Baixada Fluminense, será sustentável.  O sistema de captação será feito através das águas de chuvas em dois lagos com capacidade para meio milhão de litros de águas que serão reutilizados para irrigar gramas, plantas, árvores, lavar calçadas, ruas e vasos sanitários. A energia será proveniente da luz e do calor do Sol, os carros para cortejo ecológicos e os artigos de uso em geral biodegradáveis. A previsão de entrega da obra é para o início de junho do ano que vem.

A obra também não afetará o lençol freático,  que está a mais de 15 metros abaixo dos jazigos. O espaço contará com mais de 11 mil espaços, entre lotes, jazigos, gavetas e nichos. Os lotes  jazigos terão três espaços totalmente gramados. Já as gavetas, terão de um a cinco espaços, contemplando assim famílias, empresas, igrejas ou grupos religiosos maiores. O material será feito em ardósia riquíssima em calcário, o que permitirá o cumprimento do prazo de exumação em três anos. Os nichos para a guarda de ossos e cinzas terão a opção de um a seis espaços.

Ao todo, o cemitério conta ainda com quase 6 mil metros quadrados de ruas e calçadas, mais de 700 metros de nichos e capelas, são quatro salas para velórios com quartos privativos para repouso familiar, todos com ar-refrigerado e banheiros privados, uma sala para arrumação de corpos, banheiro masculinos e femininos e para cadeirantes, hall de acesso para as cerimônias, administração e atendimento a clientes, floricultura café com flores, guarita de acesso, projeto de paisagismo, irrigação, sinalização e localização dos lotes, jazigos, gavetas e nichos.

Atualmente, a obra está na fase de alvenaria e em breve começará a colocação de meio-fio. Já foi feita a terraplanagem e a drenagem superficial e profunda de todo o terreno. Mais de 100 empregos já foram gerados, entre diretos e indiretos. Os preços para adquirir um espaço no local variam entre R$ 2 mil a R$ 40 mil.

Grande demanda na região

De acordo com o proprietário da empresa Envida Rio, Adriano Castilho, o único cemitério particular da Baixada Fluminense localizado no município de Mesquita foi construído na década de 70, gerando assim uma nova demanda no segmento na região.

“Faltaram vagas para sepultamentos em vários cemitérios do Estado, assim começamos a pesquisar sobre cemitérios e cerimônias para fazer diferente e melhor para nossos clientes. Assim, fecharíamos um ciclo de vida com excelência, pois iniciamos com a venda de planos Funerários, depois realizamos a assistência Funeral quando o associado vem a óbito, realizamos a conservação dos corpos em laboratório de tanatopraxia com higienização, hidratação e necromaquiagem, fazemos o velório com cerimônias fúnebres e religiosas, ornamentação e homenagens de coroa de Flores e agora o sepultamento no cemitério Jardim Envida Rio. Acreditamos que dessa forma vamos preservar todos os serviços prestados e à memória com respeito à Família enlutada”, destacou.

Já segundo a proprietária Denise Castilho, o investimento é um bom negócio para a preservação da história e memória da família ou para a guarda de ossos e cinzas após  exumações e cremações feitas em outras regiões ou cemitérios. “É um ótimo apelo para investir para revender no futuro pelo dobro do preço. Já tem pessoas comprando em médias ou grandes quantidades para revenda. Tem cliente bem vivo no negócio”, brincou Castilho.

Para adquirir um espaço no Cemitério Jardim Envida Rio, basta entrar em contato pelo site (http://www.envidario.com.br/jardimenvidario/) ou pelos telefones: 2663-4900/2665-1875.