quarta-feira, 18 de abril de 2018

Queimados terá redução de água amanhã

Resultado de imagem para TORNEIRA SECAO abastecimento de água será reduzido nesta quinta (19) em Queimados e parte de Austin, em Nova Iguaçu, para a Cedae fazer reparos na adutora Austin-Queimados. A obra será no cruzamento da estrada José Cabral com a Travessia Mineira, em Valverde, Nova Iguaçu. O alerta da Cedae é que os moradores devem reduzir o consumo de água até a normalização.

O serviço será iniciado às 9h da manhã desta quinta e a previsão é que termine às 3h de sexta, quando o abastecimento será normalizado. A tubulação vai abastecer o novo reservatório cabuçu alto. 

terça-feira, 17 de abril de 2018

Ronda Municipal recupera veículo roubado e prende três suspeitos de tráfico de drogas no fim de semana


Operações são realizadas pela Secretaria Municipal de Segurança e Ordem Pública de Queimados nas principais vias da cidade


Redação - Um fim de semana com segurança reforçada para os moradores de Queimados. Esse foi o resultado das operações promovidas pela Secretaria Municipal de Segurança e Ordem Pública nos últimos dias. Na sexta-feira (13), policiais do PROEIS (Programa Estadual de Integração na Segurança) a serviço da Ronda Municipal, recuperaram um veículo roubado por volta das 15h, na Avenida Olímpia Silva. Os agentes deram voz de prisão ao condutor, que foi encaminhado à 55ª Delegacia de Polícia (Queimados e, posteriormente, à 52ª DP (Nova Iguaçu) para autuação.

Já na tarde de domingo (15), três policiais faziam patrulhamento de rotina quando foram informados sobre a ocorrência de um arrastão no bairro São Cristóvão. Ao se dirigirem ao local, prenderam Patryck de Barros Mello dos Santos (18), Edmar Carneiro Costa e Lucas Rocha Costa (ambos com 20 anos de idade).

Os jovens portavam três rádios comunicadores (com carregador), um aparelho celular, três papelotes de cocaína, duas trouxinhas de maconha e um equipamento utilizado para triturar a erva. Eles também foram encaminhados para a 55ª DP para registro de ocorrência.

Para o Secretário da Pasta, Elias José, o conjunto de medidas tem sido pensado para garantir o direito de ir e vir dos cidadãos de Queimados.

“Estamos fazendo operações em prol da segurança, operações de rotina para recuperação de veículos furtados ou roubados, posse ilegal de armas e drogas ilícitas. Pedimos o apoio da população, informando qualquer anormalidade aos nossos policiais e cooperando para que as abordagens sejam feitas da melhor forma possível”, declarou.

Cinco pessoas são feridas em novo ataque a bar

Redação - Cinco jovens, entre eles, quatro menores, foram baleados em um estabelecimento comercial conhecido como Bar do Branco, no bairro Belmonte, em Queimados, na Baixada Fluminense, na madrugada desta segunda-feira (16). Nenhuma das vítimas tem passagem pela polícia.  O ataque ocorreu pouco mais de seis meses após o tiroteio no Bar do Ramom, no Centro, onde duas pessoas morreram e seis ficaram feridos. Em resposta à barbárie, o BOPE fez diligência durante toda segunda na cidade, mas o resultado da operação ainda não foi divulgado.

De acordo com informações do 24ºBPM (Queimados), por volta de 1h40 da manhã, homens armados passaram atirando no bar que fica na Rua Dom Henrique e atingiram cinco jovens, com idades entre 12 e 21 anos. Um homem identificado como Júlio Cesar Silva foi ferido na barriga e está em estado grave no hospital.

Em depoimento à polícia, as vítimas disseram que estavam bebendo e dançando quando um veículo passou pelo local e atirou em direção ao estabelecimento.

As vítimas foram encaminhas pelos agentes da polícia militar para a UPA de Queimados. Um rapaz de 21 anos foi ferido com um tiro na perna esquerda, uma criança de 12 anos foi atingido na perna direita, uma adolescente de 16 foi baleada no braço direito e outro de 15 foi baleado na perna direita.

Segundo a PM, um adolescente de 17 é o caso mais grave e foi o único socorrido para o Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna. Nenhuma das vítimas têm antecedentes criminais.

A ocorrência foi encaminhada para a 55ªDP (Queimados).

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Polícia recupera caminhão de carga roubado em Queimados

Redação - Na tarde desta quinta-feira (12), policiais do 24°BPM (Queimados) recuperaram um caminhão de cargas roubado no Morro do São Simão, em Queimados. O veículo estava transportando iogurte, foi roubado por meliantes e levado para o interior da comunidade. A polícia foi avisada e conseguiu recuperar a carga.

De acordo com a polícia, um homem foi preso na ação. Ele estava com um rádio transmissor na cintura e com 627 papelotes de cocaína na mochila. O material e o acusado foram levados para a 55 DP (Queimados)


URGENTE: Operação do MP em Queimados tem 47 mandados de prisão

Redação - Os moradores de Queimados acordaram nesta sexta (13) com o barulho de helicóptero voando baixo no céu da cidade e muitas viaturas e policiais nas ruas. É que o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro deflagrou a operação Cananeu, que visa cumprir 47 mandatos de prisão, 43 de busca e apreensão e apreensão de 12 menores em Queimados, Baixada Fluminense. A ação é contra suspeitos de integrar facções criminosas que atuam no tráfico de drogas, roubos a transeuntes e automóveis no Morro da Caixa D'água (Centro) e Morro Azul (Paraíso). Até o momento, cerca de 30 pessoas já foram presas.

Informações preliminares contam que os chefes das duas comunidades já foram presos nesta manhã. A ação foi deflagrada a partir de investigação sobre a atuação do tráfico nas comunidades citadas, além da comunidade do São Simão. Segundo o MP-RJ, as investigações tiveram início em setembro do ano passado após a prisão em flagrante dos traficantes Samuel Peçanha Fonseca, conhecido como “Paulista”, e João Victor Couto Neves de Araújo, conhecido como “Di Gato”. 

Na ocasião, foram apreendidos com eles dois telefones celulares. Com a quebra do sigilo de dados dos aparelhos, autorizada pela Justiça, revelaram-se trocas de mensagens entre “Paulista” e diversos outros integrantes de organizações criminosas das comunidades, Morro do Cocô, São Simão e Caixa D’água, todos em Queimados. Nas conversas, eles planejavam ações para o tráfico de entorpecentes, roubo de veículos e crimes de receptação.

Entre os denunciados estão Marcos Aurélio Souza da Silva, conhecido como “Aranha”; líder do tráfico no Morro do Cocô; José Carlos dos Prazeres Silva, o “Piranha” e Edgar Alves de Andrade, o "DOCA", que dividem o comando do crime na comunidade São Simão. Além deles, estão, André Egger Vieira, o “51”; e Alexsandro da Silva Gonçalves, o “Café”; respectivamente chefes da organização criminosa nas favelas da Caixa D’água, Sem Terra e Cação. Estas duas últimas comunidades fazem parte dos bairros Jardim Mar e Brisamar, em Itaguaí.

Segundo a polícia, os dois principais responsáveis pelo tráfico no São Simão são Luís Carlos Silva de Marins, o Macaquinho ou MC, e Daniel Afonso de Andrade, o Danado. Ambos vivem no Complexo da Penha, Zona Norte do Rio, de onde comandam as atividades criminosas e para onde o dinheiro das vendas de drogas é enviado.

Casas abandonadas abrigam traficantes, armas e drogas

As comunidades do São Simão e Caixa D´Água ficam no Centro de Queimados e, de acordo com a polícia, na região há algumas casas abandonadas que abrigam traficantes, armas e drogas. A terceira comunidade onde acontece a ação é o Morro Azul, que fica separado dessas duas outras regiões pela Estrada Carlos Sampaio.

O nome Cananeu tem origem hebraica e, segundo a Bíblia, teria sido uma das sete divisões étnicas ou nações expulsas pelos israelitas após o Êxodo. Cananeus eram os habitantes do reino antigo de Canaã, situado no Oriente Médio, correspondendo aproximadamente ao território de Israel nos dias de hoje.

As investigações tiveram origem na 55ªDP (Queimados). A operação desta sexta conta com agentes de diversas unidades policiais e tem o apoio do Grupo Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público.

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Mais um policial é morto em Queimados

Redação - O soldado Lutercio Galiza de Souza Filho, de 32 anos é o 32° policial assassinado no Rio de Janeiro. O PM foi assassinado a tiros, dentro de um carro, no início da tarde desta terça-feira (3), na Rua Mondaine, no bairro de São Roque, em Queimados, na Baixada Fluminense. O crime aconteceu 16 dias após a morte do agente Rogério Lima, no último dia 19.

De acordo com o 24ºBPM (Queimados), o agente era lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Rocinha e estava há três anos na corporação. No local do crime, havia cerca de 14 balas e várias marcas de perfuração por arma de fogo no veículo onde Lutercio foi encontrado morto.

A Polícia Civil informou que a investigação está em andamento e que ainda não há informações sobre as circunstâncias do crime. Após a perícia, o corpo será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Nova Iguaçu.